domingo, 26 de agosto de 2012

 
TAREFA DADA É TAREFA CUMPRIDA
 
 
Gente não dá pra fazer suspense quando se está mega feliz! Estou...Muuuuuuuuitooooooo! Mas bora lá contar sobre a prova de hoje!!!!!
 
Exatamente às 06:30, a mocinha levantou. Nervoooosaaaaa....rsrsrs. Fico assim toda vez que eu vou pra me testar, quando eu vou querendo alguma coisa. E eu queria né gente...ah, se queria. A semana foi bem punk em relação ao treinamento.
 
Pra nem correr o risco de chegar atrasada, eu e meu pai, resolvemos pegar um táxi, já que a largada seria num lugar e a chegada em outro e a orla da praia, por onde passam os ônibus estaria interditada...Hoje, definitivamente não era dia de chegar estressada na prova, muito pelo contrário...queria chegar calma, tranquila....e chegamos!
 
 
 
Papy se alongando...
 
Meu pai tava empolgado. Fazia muito tempo que ele não participava de provas. Cada hora era uma coisa: lesão, falta de tempo, inflamação, desânimo. E hoje, ele tava todo todo...Chegou chegando na concentração...se alongando, dando trotinhos na praia....Fiquei bem feliz em vê-lo animado e contente!
 

Já eu, faço a linha, chegar e ali parar...rsrs...nada de trote...até fiz uns alongamentos, mas tudo muito light. Sabe que nunca consegui entender como as pessoas conseguem chegar e ficar correndo d elá pra cá até a hora da prova. Tudo bem, eu sei...pra jogar o ácido láctico pra fora, mas na boa, eu não corro 1 metro a mais do que a distãncia que eu me inscrevo. Nada de trotes...rsrsrs...só pose pra foto.
 
E aí, já falei pro meu pai nos posicionarmos bem na frente, pra conseguirmo sair logo da muvuca quando a largada fosse dada. E aí, como sou uma pessoa abençoada por Deus e cagada por natureza, eis que na minha frente estava um mala sem alça...um cara que até já comentei aqui várias vezes que se meteu a organizar provas, passou cheque sem fundos na premiação e quase foi linxado...Em outro episódio ele me aocmpanhou em uma das provas do Campeonato Santista e foi gritando frases durante o percurso todo ao meu lado tipo: Tô morrendo, eu sou um abestado, eita que to morrendo...até a hora que mandei ele calar a boca no meio da prova. Fato é que o cidadão estava na minha frente enchendo o saco, até a hora que ele se virou pro meu pai e disse: "Essa baixinha corre...tu deixa eu passar na tua frente? - se referindo a mim...Eu já tava enfezada com ele dai já lancei: "Se tu conseguir me pegar, blz, mas se tu vir ficar falando merda do meu lado durante o percurso cara, tu vai apanhar".
 
kkkkkkkkkkkkk...meu pai olhou pra minha cara, os dois caras do lado, cascaram o bico e ele ficou todo sem graça...rsrsrsrs...É bem verdade que essse meu excesso de sinceridade me mata, mas..fazer o quê?
 
Ás 08:30 foi dada a largada. Eu sei que saí feito doida. Graças a Deus nada doía. Nada. Ia ser eu e eu. Aí, eis que o bagulho começa errado. A gente corria 250 metros pra frente e fazia a volta pra completar 500 metros. Só que até chegarmos na voltinha, não tinha fiscalização, nem alambrado, nem nada e o que acontece? Vários neguinhos virando antes, cortando na caruda mesmo. Daí, eu comecei a gritar: Aeeee..parabéns, é isso mesmo...tem que cortar caminho mesmo"...E seguí...
 
Na placa de 1km, olhei no relógio e tanã...ele estava zerado...kkkkkkkkkkkkkkkkk....Dane-se, apertei dali em diante, puuuuta da vida, mas...era o que tinha pra hoje..marcar a partir do 2km. No 2k, olhei, 3:25...ah vá...nem a pau eu tava nesse ritmo...Zerei de novo...sim....zerei de novo....
 
E aí daí em diante acho que a coisa fluiu bem...sempre 4:30 - 4:32...No km 6, confesso que eu estava bem cansada. Fazia muuuuito tempo, pelo menos 1 ano que eu não corria na casa dos 4:30 e apesar do tempo ter ajudado, pois não estava sol, nem calor, estava fresco, eu dei uma sentida sim...mas, saliento...nada de dor!
 
Faltava pouco, 1,5km...era só isso. Mas engraçado que chega uma hora que não adianta a cabeça dizer vai...se o corpo está preparado pra um determinado ritmo é aquele que ele segue. Quando ví o povo virando lá na frente, estranhei um pouco, já que achei que fosse a chegada..não era. E aí entramos no emissário submarino, eu apertei o passo, acelerei tudo que eu podia, achei até que fosse dar uma gorfada, mas não...seguí firme e forte, até ver o cronômetro rodando...e piscando pra mim...
 
Era fantástico. E eu estava muuuuuuuuito feliz. 0:32:32..o melhor tempo da minha vida nessa distãncia. Caracas....vocês não podem imagina como eu fiquei...Comecei a fazer cálculos se eu tivesse corrido os 10km...eu faria em sei lá...na casa dos 45 ou 46...Juro que eu nem conseguia raciocionar muito de tanta euforia que eu estava. Eu juro que podia ir embora sem nem ver a premiação, porque eu estava satisfeitíssima com o que eu havia feito. Corrí com a certeza de que eu faria 34:30, mas jamais 32:32....
 
 
Eu e meu papai
 
Aí comecei a procurar meu pai. Depois de algum tempo o ví na fila das medalhas. Feliz também. Fez em 0:38 e alguma coisa. Estava também muito satisfeito, apesar de ter vomitado um pouquinho depois de beber água durante o percurso. Mas não importa, isso não o prejudicou, o cara continuou e chegou firme e forte! Tá no sangue!
 

A espera da premiação
 
O ruim foi a espera da premiação. Muuuuuito demorada. Meu pai, acabou se decepcionando um pouco, pois não pegou premiação em sua categoria 65-69. Mas o convencí que ele estava no caminho certo, posto que segurou seu ritmo em 5:20 por km até o fim, mesmo tendo passado um pouquinho mal. E aí a minha categoria que nunca mais chegava na vida. E quando ia chegar, voltava pras categorias dos mais velhos.
 
Mas eis que chega. 10...nada, 9...nada...8...nada. Nessa hora, eu já virei de costas pronta pra ir embora. Tipo..."não deu"...7....e tanã...6....euuuuuuuuuuuuuu.....Putz, se eu já estava feliz com meu tempo, ter subido no pódio depois de tanta coisa que eu vinha passando, e isso desde o ano passado, me deixou tão, mas tão sei lá o que...não dá pra explicar que eu pulava feito pipoca....
 

E mais uma vez num lugarzinho que eu adooooroooo
 
Gente não é exagero mesmo. Ninguém faz a menor idéia do que quanto eu queria voltar a fazer um tempo bom nas provas, com a mesma empolgação de antes, com garra, feliz demais...e ainda mais fechar com chave de ouro e subir de novo no pódio...Inexplicável.
 

Da 1a a 3a ganhava o troféu e da 4a a 10a outra medalha com a colocação atrás. O que pra mim, não faz a menor diferença. Meu troféu na verdade foi o pórtico mostrando meus 0:32:32 e me mostrando que eu posso sim ser o que eu era...posso voltar com a mesma determinação, já saindo de uma prova e pensando na p´roxima, como foi hoje. Saí de lá, já pensando na prova do dia 14 de setembro, acho, e depois na do dia 23 de setembro. Era isso que eu queria e era isso que eu precisava. Eu contra eu...


 
Sem descanso, amanhã, começa uma nova semana, e vou continuar no esquema punk, apenas diminuindo um dia. Ao invés de correr 7 e descansar no 8, eu corro 6 e descanso no 7. Volto aos treinos de tiros e aos de 1 hora e 10 intervalados. Estou muito confiante em fazer um bom resultado na p´roxima etapa do Santista, apesar de não ter chances de ficar entre as 5. Enfim...missão dada, missão cumprida!
 
Aos que torceram por mim um enorme beijo, vocês me encorajam muito...Ás vezes, como hoje aliás, encontro pessoas que leem meu blog ou meus posts no face e me parabenizam, fico muito contente com isso também. Saber que há tanta gente que muitas vezes nunca vi na vida torcendo por mim...É por esse motivo que escrevo com tanto prazer esse blog por 5 anos!
 
Ah e pra não perder o costume...àqueles que não torcem, que aliás só passam por aqui pra encher o saco...rsrsrsrsrs....sonhe comigo! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk..mas não esquece de levar o pódio junto! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.....Sorry!




 



4 comentários:

Marcus disse...

Êêêêêêêêêêê, eu sabia que tu irías arrebentar, eu juro que iria colocar seu tempo entre 33:00/33:30, mas vc foi melhor que isso. Parabéns, continue firme nos treinos pq quando o resultado vem, a motivação aumenta.

Jorge disse...

---------\\\\|/---------
--------(@@)-------
--ooO--(_)--Ooo--
Lu boa noite tirando o fanfarrão que vc mencionou na prova a prova para vc e seu papito foi fantástica né meus parabéns por mais uma conquista...
Boa semana e boa sorte no novo treino.

Jorge Cerqueira
www.jmaratona.com

Silvio Americo disse...

Muito legal Luciane, parabéns pela corrida, pela superação, pelo pódio e principalmente por correr ao lado do seu pai, acho que esse é o melhor troféu de todos!!
Abraço

Victor Caetano disse...

Muito legal seu relato. Não sei se li rápido, mas qual foi a distância da prova? 8K?

Parabéns pelo tempo.

Abraços.

Victor Caetano

To te seguindo pelo meu blog.

victorcaetano.com.br