sexta-feira, 24 de maio de 2013

 
TRÊS LETRINHAS, VÁRIAS FUNÇÕES
 
 
 
Houve um tempo em que eu achava que era só comprar um par de tênis e sair correndo pelo mundo. Pronto eu já era uma corredora. O tempo foi passando e além daquele par de tênis, vieram outros, um pra treinar, outro para dias de provas, outro para substituir nos treinos...O tempo foi passando...Aí já fui ficando mais exigente...O relógio obrigatoriamente tinha que estar no pulso. Queria um Mp3, depois um Mp4, um óculos de sol maneiro. Comecei a ver que a tal corrida não era tão simples assim...
 
Mas depois de 17 anos correndo, confesso que resisti e ainda resisto a 2 coisas: monitor cardíaco e GPS. Nunca fui fã de correr ouvindo barulhinhos que "acham" que estou abusando das minhas passadas. Também nunca fui fã de saber o quanto eu corri naquele dia exatamente. Acho que meu corpo já possui um medidor interno...rsrsrsrs...
 
Mas hoje, vejo como cresceu essa coisa do GPS. Talvez seja pelo motivo do pessoal estar cada vez mais ligado nessa coisa de performance, diminuição de tempo, quebra de recorde pessoal. O engraçado é que apesar de apenas três letrinhas - GPS - o tal aparelhinho que ainda não em conquistou tem uma infinidade de funções. Aliás, taí um dos motivos pelo qual ainda não em rendi ao GPS...não sou fã dessas funcionalidades todas...odeio manual de instrução...sou prática no último...rsrsrsrs.
 
Fato é que o GPS invadiu o mercado de tal forma que é difícil não ver alguém correndo com o talzinho. Para facilitar ainda mais, o mercado oferece várias opções de marcas, ferramentas e modelos, o que possibilita atender a todos os gostos, necessidade e bolsos...rsrrsrs
 
Entre as funções dos atuais GPS, há a possibilidade do corredor monitorar cada minuto e cada quilômetro de seu treino, além de registrar seu tempo, distância percorrida, calorias queimadas e ritmo médio. Alguns modelos, estes mais avançados apresentam até controle de ritmo cardíaco.
 
Fora toda a gama de ferramentas em um relógio de pulso (maneira que são configurados os GPS atuais), os atletas que utilizam este produto podem transferir todos esses dados para o computador ou para aplicativos das marcas, que de forma interativa fazem um levantamento de percurso em um mapa, além de analisar e compartilhar o treino individual com outros usuários de redes sociais.
 
Iniciante ou profissional, muitas pessoas ainda tem dúvidas com relação à compra de um primeiro u um novo GPS para seus treinos e provas.
 
Eu particularmente não faço muita questão desse monitoramento todo não. Acho que chega uma hora que você se torna refém de seus próprios treinos, com uma obrigação de sempre se superar nas informações anteriormente compartilhada...sei lá...quem sabe um dia....quem sabe...
 
Mas, enquanto esse dia não chega, bora lá então ajudar aqueles que são menos cabeçudos do que eu, e querem sim adquirir um GPS, mas não sabem por onde começar.
 
 
NIKE + SPORTWATCH GPS
 
Com conectividade com a comunidade NIKE +, que já possui cerca de 6 milhões de atletas cadastrados ao redor do mundo, este modelo é um simples relógio, com apenas três botões e um tela de toque para navegação. Durante a corrida, captura informações de localização, enquanto mostra ao atleta seu tempo, distância, ritmo e calorias queimadas. Dentre os fatores de motivação e interação, principais prioridades do fabricante, aparecem: reconhecimento para recordes pessoais e mensagens de lembrança e incentivo que aparecem depois de 5 dias, caso não haja registro de atividade física.
 
REVIEW Nike+ SportWatch GPS (Foto: Globoesporte.com)
 
GARMIN
 
Classificada como a melhor fabricante de GPS no mundo, a Garmin possui diversos modelos para atletas. As opções vão do mais simples, para iniciantes, até os mais personalizados, que são designados a profissionais de diversas modalidades.
 
Para aqueles que estão à procura de um novo aliado no início das atividades físicas, a indicação é o Forerunner 10 e o lançamento Forerunner 210. O primeiro com um preço de R$ 599,00, registra tempo, a velocidade e a distância da corrida, assim como as calorias perdidas. Já o segundo, com o preço de R$ 899,00, tem as mesmas funções do modelo anterior, com adição de controle de ritmo cardíaco.
 
Já para os competidores de alto nível, as dicas da Garmin são: Forerunner 910XT e o Forerunner 610. A primeira opção é a ideal para atletas de triatlo, fundistas e nadadores. O grande atrativo do 610 é a junção do GPS com a tela touchscreen. Além de dispor de todas as funções avançadas dos outros modelos da Garmin, este relógio tem tecnologia sem fio para transmissão de dados para computadores, onde é possível ver o mapa do percurso e fazer a análise de performance.
review Garmin Forerunner 210 (Foto: Editoria de Arte/Globoesporte.com)

GARMIN 910 XT

  Testamos Monitor Garmin 910XT, Eu atleta (Foto: Editoria de Arte / Globoesporte.com)
Montagem, Monitor Garmin 910XT  (Foto: Editoria de Arte / Globoesporte.com)

 
FORERUNER   610
 
 
Tabela corridas praticantes (Foto: Editoria de Arte / Globoesporte.com) 

POLAR
 
Destaque no mercado em produtos de monitoramento de frequência cardíaca, o Polar também tem sua linha de equipamentos para atletas. O foco do fabricante está em corredores que baseiam suas atividades nos batimentos cardíacos. O Polar RS800CX, cujo o custo é de 500 dólares, não tem a tecnologia integrada ao relógio, mas a confiabilidade dos dados, medição de altimetria e a ótima recepção de sinais de satélite podem fazer a diferença na hora da compra, ainda que seja um dos modelos de GPS mais caros do mercado.
 
 
RS300X
 
 
O Polar ainda oferece o modelo RS300X, que segue a mesma linha do RS800, mas com um preço bem mais em conta, por volta de 250 dólares. Assim, como o top de linha do fabricante, o relógio e o sensor deste equipamento são a prova d`água (50 metros para relógio e 20 para o sensor).
 
 
 
 
Pois é...como vemos há uma imensidão de modelos e recursos...quem sabe eu não me renda a tanta tecnologia....


2 comentários:

Helena Clebsch Vidal disse...

Lu, eu também era avessa as tecnologias. Aliás, ainda sinto que preciso de um manual para o manual de instruções.hehe Mas, em dezembro adquiri um garmin e estou gostando bastante.
Procuro usá-lo para monitorar os treinos, mas continuo com a minha percepção de esforço. Afinal, se o bicho quebrar eu não fico na mão. ;)
beijos e bons km's!!
Helena
correndodebemcomavida.blogspot.com
@Correndodebem

Jorge disse...

Eu tenho o Garmin 610 acho otimo e recomendo a todos.
Bons treinos,

Jorge Cerqueira
Ultramaratonista
www.jmaratona.com