segunda-feira, 28 de maio de 2012

MAGRELOS, GORDOS, MUSCULOSOS, QUEM LEVA A MELHOR?



Na minha opinião, reprises são sempre válidas. Tipo sessão da tarde quando passa qualquer filme de OS TRAPALHÕES, onde a gente fala revoltado: "Caramba, de novo isso?" , mas que não resiste e senta pra dar umas boas risadas. Aqui no blog também é assim. Quando eu gosto de uma matéria, acho bacana voltar nela, até porque muitas vezes, alguém não leu, novos seguidores chegaram.

E como estou voltando animadinha, achei bacana falar dessa coisa de magrelos, gordinhos, musculosos mais uma vez...pra saber: Será que dá, mesmo treinando igualzinho, pra fazer tempos iguais? Bora saber então...




 Muitas pessoas já me disseram que não correm, porque estão acima do peso...Ah tá...e talvez se corressem não poderiam ficar abaixo???? Outras dizem que não conseguem baixar os tempos também porque estão acima do peso....Há também os que dizem que o cara é mais veloz porque é mais magro ou porque.tem bastante músculo ..Mas eu estava pensando cá com meus botões....será que os musculosos, os magrinhos e os que possuem mais massa tem as mesmas condições em provas?

Eu fiquei pensando nisso,porque quando fiz meu melhor tempo nos 10km, 0:46:05, coincidiu justamente com o período em que eu treinava mais e que consequentemente estava mais magra.

Pois bem...pesquisa feita....

Uma coisa é certa: A dificuldade dos gordinhos em correr é maior, ele vai sofrer um pouco mais para terminar a prova, porém....muita calma nessa hora....

Até os 10 mil o sujeito pode ter uma massa muscular mais avantajada do que o corredor de provas acima disso. Sabe por quê? Porque hoje em dia em provas até 10.000m, os tempos estão tão fortes que parecem provas de meio-fundo. Para se ter uma idéia, peguemos como exemplo um recorde mundial na distância de 10km em pista estabelecido em 26’17", ou seja, o recordista mundial fez em cada volta de 400m, o tempo de 63segundos.

CARACAS!!!!!! Para quem corre, sabe o que é fazer uma volta de 400m para 63s, faz-se força, agora imaginem vocês dar 25 voltas para esse tempo, sem descanso. Resumindo, o cara tem que ter uma certa velocidade e força. Um magricela não tem tanta força assim, aí é preciso massa muscular para agüentar o tranco. Mas vejam bem, massa muscular não quer dizer...gordura e também não quer dizer excesso de músculos.... ai que difícil que tá isso pra entender....rs...

Já um corredor de longa distância, acima de 10.000m, muita massa prejudica o desempenho, pois é um peso a mais para carregar, apesar de que correr uma maratona para 2h04m27s, por exemplo, ou seja, 71s a cada 400m, em média, também não é para qualquer um.

Nas provas que participo vejo gente de todo tipo....desde aqueles mulequinhos magrinhos feito frangos até homens gigantes, cheios de músculos que passa logo de cara a impressão de que tem dificuldade até para andar, quiçá para correr.

Volto a dizer, quando fico mais magra, corro mais. Não adianta eu me alimentar legal, fazer musculação, ser forte, cheia de músculos. Isso atrapalha. Você perde um pouco a mobilidade. Ter um pouco mais de massa muscular ajuda bastante, mas músculos em excesso não, aliás, atrapalha.

Muita gente quer por que quer correr maratonas, provas de 10km, mas se esquecem que não nasceram para isso, pois por mais que malhem, não conseguem ficar fininhos, pois suas constituições físicas não permitem. Aí, se lesionam com facilidade por causa do peso extra que carregam. Os personais training, professores de Educação Física, preparadores deveriam parar de enganar a população ao dizerem que todos tem condições de completar uma maratona. Ter condições, até que tem, mas o preço que se paga é um pouco alto para alguns.

Como eu disse acima, ter massa muscular não quer dizer ser gordo. Quando corremos, nosso principal combustível (fonte energética) é o glicogênio e depois a gordura é queimada. Quem é um pouco gordo ou está acima do peso, dispõe de mais energia a ser queimada , porém o grande inconveniente é o peso extra que acaba se carregando, podendo haver um cansaço prematuro, e sobrecarregar a musculatura e as articulações, levando até a uma lesão.

Por isso geralmente os maratonistas ou fundistas são mais magros, e nem sempre são magros por que simplesmente fecharam a boca ou fizeram algum regime milagroso, e sim o treino que exige muita quilometragem e dedicação e conseqüentemente se acaba emagrecendo de forma natural.
Quando eu engravidei, engordei 13,5kg, Imaginem eu com 1,52 de altura, pesando 47kg atualmente, com 13,5km a mais???? Na primeira semana, após ter o meu filho,perdí de cara 8,5kg...na facilidade, sem fazer nada....Após 2 meses, voltei a treinar. Os 5 quilos que 5 quilos que restavam foi difícil perder. Nessa época tive a oportunidade de ver como quilos a mais dificultam o treinamento. Eu cansava logo, suava muito....apernas pesavam, as costas doíam. Depois fui perdendo naturalmente, com os treinos, sem dieta.

Atualmente estiu tentando entrar na garrafa...rs....Quero enxugar tudo poara a prova dop dia 08 de agosto e em seguida do dia 15, 1 semana depois. Preciso de velocidade....Meus treinos diários são em média de 1 hora e 20 com 30 segundos a mais do tempo que desejo fazer na prova por quilômetro. Tá puxado, porém nessa brincadeirinha, já se foi 1,5kg. Tá secando tudo qui...rs...

Então pra finalizar: magro demais não tem força pra encarar o tranco, gordo, se cansará mais rapído e forçará mais as articulações podendo causar lesões, musculosos em excesso perderão a mobilidade durante a prova....o segredo é ser magro, porém com um bom trabalho de musculação, juntamente com boa alimentação, ter boa massa muscular....Tá entendido?????

3 comentários:

Neila Carvalho disse...

Oi Luciane. Sinto na pele como os quilinhos a mais atrapalham na corrida. No começo do ano estava na faixa da pré-obesidade. Estava com 73 kg e tenho 1,53m. No começo cansava demais. Mas não desisti de correr. E hoje já foram 13 kg com a corrida e uma alimentação equilibrada. Ainda tenho quilinhos a perder, e ainda muita corrida pra aprender. Hoje corro apenas 4 km, mas está muito mais fácil que no início. Beijos
www.feliznamedidacerta.com

Luciane disse...

Neila Carvalho...orgulho de ti, guria. É assim mesmo. O primeiro passo vc deu. Quis mudar, quis perder, quis começar ana corrida. Aliás, esse passo, pra mim, é o mais difícil. 13kg se foram? Tem noção? É muita coisa? É preciso muita determinação. Quanto ao correr "apenas 4km"...como assim, apenas? Isso é chão viu? E pelo que vc me diz, está mais fácil, será um pulinho para que vc volte aqui e diga...agora são só 10k que eu corro...rsrsrs...

abraços e ó...tu tá no caminho certo!

Mayumi disse...

Afff, tá entendido, Luciane. Mas não é fácil, né? Rsrsrs. Eu treino muito mas estou 2 kg mais pesada! Ainda assim, o pessoal diz: "Você emagreceu!". Rsrsrs. Será que adquiri massa magra? Estou realmente 2 kg mais pesada!