sexta-feira, 3 de abril de 2009

O MISTÉRIO FOI DESVENDADO...


Há menos de um mês atrás, falei para vocês que estav sentindo uma dor na laterla do tornozelo. Fui ao médico e foi contatada uma inflamação no nervo fibulotalar. Após o médico ter me receitado 10 sessões de fisioterapia, as quais, confesso, não fiz, até por não crer que esta seria a saída, a dorzinha ia e vinha e está aqui até agora. O que eu não contava é que a tal dorzinha não quis mais estra só e no começo desta semana, resolveu aparecer no outro pé, todavia, na parte de trás do tornozelo. Achei esquisito, até porque eu nunca tinha sentido essas dores e logo nos dois pés ao mesmom tempo! Cheguei a marcar novamente uma consulta, mas desisti no meio do caminho, sabe se lá por que....
Então, hoje pela manhã, e nos últimos 2 dias, mudei de tênis...quert dizer, corri com o tênis que geralmente uso para competir. Não é que adiantou? A dor tanto no pé esquerdo, como no direito se amenizaram. Ao verificar a parte de trás do meu ADIDAS (tênis que eu estava usando, inclusive que eu usei quando começei a sentir a dor no circuito das praias do dia 15 de fevereiro percebi que bem atrás do tornozelo é bem duro, ao passo que o meu SPRINT que eu venho usando, é bem molinho. Na parte lateral do ADIDAS também é duro, ao passo que no SPRINT é mole também. Cheguei à conclusão: as tais dores são pelo uso de tênis errado. Logo que eu engravidei eu tinha acabado de comprar meu ADIDAS, então nem cheguei a treinar com ele. Assim que eu voltei a treinar, usava-o somente para competir e nos treinos, o meu SPRINT, o que fazia com que eu não sentisse as dores. Todavia, ao mudar o ADIDAS para os dias de treinos, senti as "malditas"...Tênis é um troço complicado mesmo!

O meu tênis é igual a este só que em verde...Não é bonito, mas para correr....é o...


Na loja, são tantas as ofertas de calçados que a compra vira um dilema. E o pior é que nem sempre levamos para casa o modelo mais adequado. Quando você encontra um vendedor legal, que entende, ele ainda te ajuda, mas na maioria das vezes, o cara nem manja tanto de tênis ou se manja também nem te pergunta se sua pisada é neutra, pronada ou supinada, o que já seria um bom começo para escolher o tênis certo.
O design, a beleza ou o preço são os critérios que de fato contam. Só que isso pode gerar muitos problemas à saúde - e, conseqüentemente, ao seu bolso. O tênis inadequado gera as mais diversas lesões, desde torções a tendinites.
Mas e aí, quais os quesitos de um calçado de primeira? Em primeiro lugar, o conforto. E aí só mesmo calçando o dito-cujo e dando alguns passos com ele para senti-lo melhor. Uma vêz, logo que resolvi correr a minha 1a Meia Maratona, fui a World tênis. O vendedor ficou assutado comigo.. eu pulava na loja, corria em volta dos sofás..rs..então me senti e disparei:" Para correr 10km já precisa de um tênis bom, mas para correr uma Meia Maratona.." Precisavam ver a cara do vendedor. Na hora em que fui pagar, ele disse para os outros vendedores: A mina corre Meia Maratona..

O problema todo é que num primeiro momento nem sempre dá para notar algum incômodo. Fora que é difícil perceber se o tênis joga o pé para os lados, o que também causa complicações, Nesse caso, quando as dores aparecerem, pode já ser tarde, o que foi meu caso. è bem verdade que por estar sempre ligada em coisa de corrida, analisar a estrutura dos dois tênis foi decisivo para sacar que eu estava usando o tênis errado, mas e quem não sabe dessas coisas e conta apenas com um conselho de vendedor ou de uma foto em revista de esporte??? Aí, fica difícil.

Como evitar que essa e outras encrencas peguem no seu pé? Basta tomar cuidados simples. Um deles é bater a sola contra o chão. Se fizer muito barulho, é sinal de que o amortecimento não é dos melhores. Dedos apertados também são sinônimo de problema. Portanto, foque o conforto. Eu sempre compro um número a mais. Mas também aprendi depois de ter perdido todas as unhas do meu pé. Não sabia que o pé inchava e quando fiquei sabendo, não sobrou nenhuminha para contar história. Hoje compro sempre o número 35 (uso 34). Se eles se atritam com o bico, parta para outro modelo. Conhecer o seu pé é fundamental, procure identificar o tipo de sua pisada e se mesmo assim sentir dificuldade em saber se é pronada, supinada ou netra, vá a um ortopedista que ele fará os testes e indicará qual a sua pisada. Atualmente, existem modelos específicos para os pronadores (que pisam para dentro), os supinadores (cuja pisada é para fora) e os neutros. A minha é supinada.

Falando em personalização, vá atrás do tênis adequado às suas atividades. Um dos maiores erros que uma pessoa pode cometer ao adquirir um calçado é não pensar na sua futura função. Ele deve ser adequado à prática esportiva . Por exemplo, de nada adianta comprar uma moderníssima chuteira se você pretende utilizá-la para jogar basquete. O que vemos é muita gente corredno com calçados de academia. É totalmente diferente e também pode causar lesões.

Outra coisa...o selo de garantia. Instituições como o IBTeC emitem certificados de qualidade para os calçados que passam por uma bateria de testes. Geralmente, os produtos que contam com essa garantia fazem questão de exibi-la, seja na palmilha, na etiqueta ou até mesmo na caixa.

De resto, aposte em marcas confiáveis e respeitadas no mercado. E nunca - mas nunca mesmo! compre calçados falsificados. Além de não possuírem tecnologia capaz de amortecer o impacto, eles ainda contêm materiais tóxicos com potencial para doenças. Então aquele vizinho que acabou de voltar de Miami...rs...cheio de tênis na sacola...esqueça!!!!! por mais tentadora que seja a oferta.

Bom...espero que eu realmente esteja certa e que minhas dores passem...mas acho que descobri sim o verdadeiro motivo...ah...esses corredores amadores! kkkkkkkkkkkkkk......

7 comentários:

Frank Knaesel disse...

Oi Luciane,
Realmente o Sprint poderia ser mais bonito (pra não dizer que ele é feio). Tenho amigos que já usaram e não trocam ele por nenhuma outra marca famosa (Nike,Mizuno,New Balance,Asics,etc...) E que eles mais comentam é com relação ao conforto e durabilidade (sem falar no preço que tbém é mto bom). Quem quiser dar uma olhadinha em outros modelos: www.asprinttenis.com.br.
De qualquer forma, as vezes é bom dar uma paradinha e escutar o médico, viu?
Bons kms...
nacorrida.blogspot.com

Xampa disse...

Puts .., que m.
Mas, pelo menos, vc descobriu.
Eu tive algo parecido com um Nimbus.
Pedi para um amigo trazer dos States para mim e nego fala tanto do tenis, coisa e tal. Acabei vendendo usado por 100 pratas.
Bom findi.

Ana disse...

É Luciane, tbm estou tentando identificar a causa de umas dores no joelho e na planta do pé... e tbm o meu tipo de pisada, já fiz dois teste e cada um deu um resultado, falta a "nega", rs.

Espero q vc não sinta mais essas dores, pois correr com dor é ruim demais.

bons treinos

Jorge disse...

---------\\\\|/---------
--------(@@)-------
-o--oO--(_)--Ooo-
Eita mulher elétrica lendo o seu relato eu fico imaginando a cara do vendedor de tênis na loja, se ele ficou maluco que vc corria e pulava dentro da lója com o tênis eu fico imaginando se vc resolvesse testar ele fora da loja...ai mesmo que ele ficaria doido...kkk...

O engraçado que antigamente existia muitos atletas bons que nem hj e no passado não tinha nada dessas tecnologias, ou seja o corredor saber o tipo de pisada para comprar o tênis certo...
Bom o pessoal da asprinttênis não vai gostar nada dessa propaganda negativa aqui do tênis que eles fabricam não é mesmo...rsss...Mais também quero dizer que se esse tênis não serviu para vc, pois serve para muita gente, eu já tive um desse e inclusive eu pude constatar que ele é bem macio e me dei muito bem com ele e inclusive aconteceu em 2007 uma coisa inédita comigo em uma competição creio que vc até sabe que eu estou falando pq muitos corredores de SP e Santos vem correr ela aqui no Rio de Janeiro é a corrida de Paraty e uma das estrada que dá a ela é a RIO-SANTOS, pois quando estava chegando numa das subidas o tênis sprint que eu estava competindo desamarrou pois não entendi nada, nunca tinha me acontecido isso, daí tive que para e amarrar o dito cujo com isso eu perdi algumas posições na corrida, não satisfeito eu dei o meu máximo de mim e passei os corredores que tinham me ultrapassado e quando terminou a corrida na hora da premiação das faixas etárias para minha surpresa quando subi no pódio quem era que estava subindo comigo 2 dos corredores que tinham me ultrapassado quando o tênis tinha desarramado...Viu só como são as coisas...rsss...

Bom não preciso dar muitas dicas pq vc é uma corredora experiente e já sabe o que aconteceu com vc, pois então eu lhe desejo uma boa recuperação...

Bom final de semana e bons treinos

JORGE Cerqueira
www.jmaratona.blogspot.com

joaquim adelino disse...

Estamos sempre a aprender, né?
Os ténis são muito importantes na vida de um corredor, e temos de aprender à nossa custa. Os profissionais não se preocupam com isso pois têm sempre alguèm que faz isso por eles.
Mais de 75% das lesões dos Atletas têm a ver com os Ténis, desde o tornozelo, canelite, gémeos, joelho e coluna são os problemas mais sentidos e comuns. Daí a importância de escolher sempre um bom ténis.
A ASICS tem soluções muito boas que ajudam muito quem necessita de ter um ténis específico para o seu pé. (não é recado, não,rs.)
Abraço.

Paulinho Stone disse...

Eu nunca calcei esse Sprint, mas sempre vejo as propagandas deles, e conheço muitos atletas que tem...

Mas para correr, não troco meu ASICS - Kayano, por nada nesse mundo, ele é o melhor tênis que eu já calcei, já não vejo a hora de comprar o meu 15!!

Que bom que as dores estão sumindo!!!
Abração

Paulinho Stone
www.paulinhostone.blogspot.com

Ricardo disse...

Paulinho Stone ou outro que também conheça atletas que usam o Artesanal Sprint Tenis, por favor, estou procurando contato com pessoas que usam esse tênis.
Estou namorando um a alguns meses, pois quero tentar algo diferente para ver se acabo com minhas dores(que começaram a 2 anos) e estão atacando meus tornozelos e joelhos quando começo a entrar num ritmo mais forte de treino. 2009 foi um ano perdido, quase 6 meses parado por dores aqui e ali, médico, fisio e nada.
Usava um Rebook mdx9, depois foi um Mizuno wave e sinto que deu uma desandada. Não sei se é a idade, mas nunca tinha tido problemas assim, pois achava que por ser bem leve 1,75m e apenas 64kg de massa, nunca teria esse tipo de problemas.
Se alguem quiser entrar em contato comigo pode fazê-lo pelo e1/2
" ricardo underline brasuca arr0ba yah00 pt com pt br"
Abraços a todos e muitas felicidades em suas corridas!!!