quarta-feira, 13 de maio de 2009

PEQUENAS TRISTEZAS, GRANDES ALEGRIAS...

Nenhum corredor pede para se machucar. É bem verdade que alguns até dão aquele empurrãozinho para a lesão se aproximar, mas na maioria das vezes é algo que acontece porque tinha mesmo que acontecer, afinal de contas nem os atletas de ponta estão livres dessa praga.
Calma, não iniciei esse post querendo prepará-los para dizer que me lesionei novamente, mas confesso que algo estranho aconteceu. No domingo passado, recebi alta médica (tinha feito uma cauterização) e então voltei a correr. Num ritmo tranquilo e sem nenhuma pretensão de marcar tempo, corri 28 minutinhos. Na segunda, mantive o ritmo tranquilo, mas aumentei a distância...e lá se foram 40 minutos. Na terça, eis que veio a surpresinha. Confesso que aumentei um pouquinho (só um pouquinho mesmo) o ritmo, mas a distãncia foi quase a mesma, já que terminei o treino em 44 minutos. Todavia, o joelho avisou que algo não ia bem. Senti uma pontadinha na lateral do joelho direito que me preocupou. Parei, alongeui uns 15 minutos. Enquanto eu caminhava, não sentia a dor, mas ao longo do dia eu senti que ela estava ali quietinha, mas estava. Hoje não treinei, pois vim de 3 dias seguidos e portanto descansar seria primordial. No entanto, ao acordar, não senti a dor no joelho direito...aliás, não só no direito, mas também no esquerdo. Estranho!!!!!!!! Muito estranho!!!!!! E o pior de tudo, domingo correrei os 10km A Tribuna Fm. É bem verdade que eu iria correr para brincar, já que com 15.000 corredores, sendo que pelo menos 60% quer aparecer na TV, fica impossível tentar marcar tempo, mas correr sabendo que vou sentir dor, realmente não estava no script. De toda forma, prefiro acreditar (por enquanto) que as dores são pelos 12 dias que estava parada...Deus queira que sim!!!!
Agora mudando de assunto e aqui cabe dizer, bem mais legal...Vocês acreditam que consegui fazer meu marido começar a correr na segunda-feira??? Ele já tinha manifestado a vontade ao longo da semana depois de ter assistido o programa Vamos correr da ESPN, mas não achei que fosse mesmo começar. Na segunda-feira, cheguei cedo, preparei o lanchinho dele e assim que ele chegou em casa, já lancei a frase: "E aí, pronto?" Senti que ele titubiou na resposta, não estava certo de que queria mesmo correr, mas insisti, dei apoio e lá foi ele. Voltou suado depois de 30 minutos e confessou que se sentiu muito bem. Na terça-feira (ontem) novamente treinou meia horinha e foi esperado na porta pelo meu filho João Victor (1 aninho) com um vidro de guaraná viton na mão...rs...
Realmente fiquei muito feliz com a atitude do meu marido. Já estava mais do que na hora de deixar o sedentarismo de lado. E quando eu pergunto: " E a meia maratona, será quando?"...Ele responde: " Ah, acho que nunca, correr 2 horas não é comigo"... Por enquanto né gente... por enquanto....

3 comentários:

Xampa disse...

é, pode ser uma dor de retorno ou ocasionada pelo terreno em que vc correu.
agora, correr 3 dias seguidos não é demais?
show o maridao correndo. agora, com dias intercalados, nao? o corpo precisa se recuperar.

Jorge disse...

Luciane,boa noite, bom lembre-se que vc ficou parada e retornou o corpo xiou né, ve se tenta voltar correndo devagar na grama, desejo que essa dor não seja nada grave, boa sorte na prova da Tribuna para ti...E parabéns ao seu marido por iniciar neste esporte maravilhoso, com certeza o programa vamos correr só foi um empurranzinho para que ele se iniciava a correr, mais vc que é a culpada disso...rsss...Através de vc ele inspirou a correr e quando uma pessoa ama, ela faz tudo pela outra...Agora vc pegou pesado com seu marido hein...po mal ele começou a dar os trotes deles e vc vem logo perguntando a ele quando ele vai correr a 1ª meia, isso é de espantar qualquer pessoa que está se iniciando...rsss...Pega leve amiga, faça o seguinte hoje ele corre 5km, amanhã 10km e por ai vai, daqui a pouco vc vai ver só ele vai estar correndo longas distâncias que nem vai perceber...rsss...E pode apostar também que o João Victor quando crescer vai botar o pé na estrada também com vcs...
Bons treinos garota e ve se cuida hein.
Bjs

JORGE CERQUEIRA
www.jmaratona.blogspot.com

...tuttA... disse...

Dores no joelho direito, foi o mesmo que aconteceu comigo após a Prova Rústica Tiradentes em Maringá-Pr dia 21/04. Fiquei 3 semanas afastados e retornei no início desta semana, e não senti dores nenhuma.
Nós corredores estamos sempre propícios a este e outros inúmeros tipos de lesões.
Mas com um pouquinho de repouso e algumas orientações médicas isso logo passa.
E quanto ao seu marido, parabéns pela sua iniciativa.
Espero, que assim como vc, ele tome gosto pelas corridas e não pare tão cedo.
Bjinhus paranaenses pra ti.


...tutta...
ubiratã-pr.
www.correndocorridas.blogspot.com