segunda-feira, 6 de setembro de 2010

INTUIÇÃO NÃO FALHA...PELO MENOS NÃO A MINHA....



Como sabem, eu corro há 17 anos...há 10 eu participo de provas e isso nunca havia acontecido...Mas...como dizem, há sempre uma vez pra tudo.

Quando eu me inscrevi para a prova de domingo há uns 2 meses atrás, confesso, foi apenas pelo sorteio de uma moto. Isso porque as referências que eu tive das 2 primeiras edições não foram as melhores: camisa horrível, medalha horrível, percurso horrível, organização horrível. Não havia um porquê para eu me inscrever pra isso, só mesmo a moto.


Dois dias depois eu já estava arrependida, pois seria a 3a corrida no mês de setembro e eu não corro mais do que 2 por mês devido aos treinos fortes e pelo perigo de lesões....Mas já estava inscrita e o plano era apenas correr por correr.

Três semanas antes da prova, meu amigo me trouxe o convite do casamento. A data? 04 de setembro, ou seja, véspera de prova. Eu tenho que dizer: odeio isso. odeio ter compromisso em véspera de prova. Não gosto nada mesmo. Eu não odia faltar ao casamento, até porque a idéia era ir ao casamento e correr no dia seguinte, já que eu iria correr sem pretensão de marcar tempo.

Fomos ao casamento. Me esbaldei de tanto dançar...comi salgadinhos a pampa, suei, suei...e lá pelas 0:00 fomos embora. Quando estávamos saindo do buffet um vendaval de dar medo já avisava que alguma coisa não ia dar certo. Eu morro de medo de vento e correr com vento..vixe....é bem desgastante pra mim, já que sou peso pena e minhas pernas chegam a bater canela com canela como se fosse dar um nó...

Chegando em casa, fui apenas separar o meu tênis...Cadê???? Toda sexta feira é a primeira coisa que separo na casa da minha mãe pra trazer pra casa, já que ele fica lá para eu treinar....Não sei por que cargas d´água não o fiz.... Eu teria que acordar e ainda passar lá na casa dela, tipo assim... acordá-la na caruda por causa de um tênis. Já desanimei.

Coloquei o relógio pra despertar. Às 7:20 acordei, olhei ela janela, um pequeno dilúvio e um frio do caramba, foram decisivos para o que eu já havia sentido no dia anterior: NÃO FUI Á PROVA. Voltei para a cama, avisei meu marido que me apoiou prontamente (ele não queria mesmo correr). O fato é que não consegui dormir depois e exatamente às 09:01 (a largada da prova era às 09:00) levantei, olhei pela janela e vi que o tempo já não estava feio, muito pelo contrário já havia aberto e seria perfeito para uma execelente prova.

Confesso que fiquei meio triste. Isso nunca havia acontecido. Já corri com temperatura de 6ºC, com 8ºC e grávida, com temporal....mas dessa vez..algo estranho aconteceu. E na boa, uma coisa é certa, minha intuição é muito forte. Muitas vezes quando estava pronta para treinar, já lá embaixo, abrindo o portão, sentia algo estranho, uma angústia que me pedia pra voltar. Eu podia estar muito na fissura pra correr, mas voltava pra casa. Intuição é coisa de doido! E a minha...prefiro respeitar.

Talvez não acontecesse nada se eu tivesse corrido no domingo, mas não sou de pagar pra ver em relação a essas coisas....Semana que vem tem a Meia Maratona e então posso descontar um pouquinho....mesmo que caia o mundo...rs....


Como eu digo: há sempre uma 1a vez pra tudo na vida....

2 comentários:

CANELAFINA disse...

Eu não creio em bruxas mas, que elas existem, existem. Muito boa toda esta situação, é bem assim. Da uma sensação esquisita como voce falou. Qualquer coisa que fuja do normal. Lembrei de um domingo neste inverno pela manha cedo quando olhei da porta de casa e não exerguei a esquina de tanta serração. Um longão de 30 km com metada sob esta situação. Depois veio o sol rachando. Vale dizer que serração que baixa é sol que racha.
Abraço
EDUARDO

Marli disse...

Fez bem vc de não ir!!! rsrsrs,
Eu tbém aposto na minha intuição, cancei de estar no portal saindo para ir trabalhar de bike, derepente, a intuição a aprece como um aviso, volto e mudo tudo!!!
Mulheres são mais intuitivas e não falha quase nunca...
bons treinos
simbora treinar para fazer bunito na proxima prova!
www.marlipalugan.blogspot.com