sexta-feira, 29 de outubro de 2010

SERÁ QUE A PESQUISA MUDA ALGUMA COISA NA VIDA DE NÓS, CORREDORES INSANOS?

Todos aqui sabem que eu corro há 17 anos. Mas nunca tive grande pretensões não. Tanto que comecei a participar de provas somente em 2000, mas também "participar" e não "competir". Faz apenas 3 anos ou 4 anos que comecei a correr visando algum resultado.

Até hoje só corri 7 meias maratonas e pensei muitas vezes em conhecer o mundo das Maratonas. Sempre achei que um corredor completo deveria nem que fosse um vezinha na vida correr uma maratona ou "sofrer" uma maratona como costumo dizer. Confesso que a idéia já passou pela minha cabeça zilhões de vezes, mas depois de pensar em todo o treinamento que eu teria que fazer e a falta de tempo que eu tenho, a vontade foi dando lugar a "Quem sabe um dia"!

Ontem estava eu assistindo ao Programa Furo na MTV e lá deram a seguinte notícia: Pesquisas revelam: Correr uma maratona faz mal á saúde!....Putz...será que isso muda a vida de nós corredores? Fui fuçar e no dia 26 de outubro agora, saiu um artigo sobre essa pesquisa na Folha de São Paulo...Tal artigo diz:

Correr uma maratona pode machucar o coração, segundo um estudo que acaba de ser apresentado no Congresso Cardiovascular Canadense, que termina amanhã.

A pesquisa, da Universidade Laval, no Canadá, examinou 20 corredores amadores saudáveis algumas semanas antes e 48 horas depois de uma prova. Foram feitos testes de esforço, de
sangue e ressonância magnética.

Os exames mostraram alterações no bombeamento sanguíneo e na oxigenação do coração, além de microlesões e inchaço no órgão.

Os piores resultados foram de pessoas com menor índice de absorção de oxigênio pelo teste VO2. Três meses depois, os exames foram repetidos e as alterações tinham desaparecido.

O médico canadense Éric Larose, um dos autores do estudo, disse à Folha que, apesar de reversíveis, as mudanças observadas estão associadas à ocorrência de eventos cardiovasculares.

Segundo o médico Daniel Arkader Kopiler, da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte, o esforço de uma maratona causa um processo inflamatório reversível, mas preocupante.

"Há a destruição de células do coração e a liberação de enzimas. Isso pode facilitar o surgimento de lesões."

Para o médico Antonio Sergio Tebexreni, professor da Unifesp, em amadores, há uma maior possibilidade de surgirem pequenos coágulos e microlesões no órgão.

"Quanto maior o preparo físico, melhor vai ser a circulação cardíaca e o aproveitamento. O coração trabalha menos para produzir a mesma quantidade de energia."


Correr uma maratona, não é como visitar o shopping. Não é para qualquer um, diz o cardiologista Nabil Ghorayebe. Há três anos ele coordenou um estudo no Instituto Dante Pazzanese que analisou alterações cardíacas em 70 corredores.

Os resultados mostraram mudanças fisiológicas. "A recuperação acontece, mas é preciso saber que a modalidade pode causar desidratação, hipertermia, arritmias agudas e até crônicas".

Os riscos são maiores em pessoas com doenças cardiovasculares. "Mas a ausência d efator de risco, não quer dizer que é permitido", diz. "Todos precisam fazer uma avaliação física antes de correr".

Também é indicado fazer um intervalo. "Não é indicado disputar mais de 2 maratonas por ano".

Na boa...ainda não sei se nasci para isso não, mas devo confessar: correr uma maratona desperta em mim o desafio propriamente dito. Nada de visar tempo...só terminar.. só sentir que o meu limite vai muito além dos 25km que eu corri na areia e que quase morri...rs...

Mas por enquanto...é melhor a vontade ir passando...passando...

Passou!

fonte: Folha de São Paulo

4 comentários:

Mark Velhote disse...

Oi Lucy

Não sabes o que perdes!
Mesmo! :D

Abraço
Mark

Henriqueta Solipa disse...

Luciane....

Com esta mensagem quase desanimas qualquer um...

Vou tentar completar a minha 1ª Maratona, a de Lisboa no dia 5 de Dezembro.
Não tenho muita "bagagem" em termos de experiência, fiz menos meias maratonas que tu... mas tem aquele bichinho que chama... quero experimentar!

Vou com calma, não vou pensar muito no tempo, vou pensar sim, que quero acabar bem!

Um dia experimenta, eu depois conto-te como foi.

Beijinho e boas provas!

Jorge disse...

Lucy se "Correr uma maratona faz mal á saúde???....Putz então eu quero é morrer correndo, to falando sério, acredito que deve fazer mal a saúde para aqueles corredores que se empolgam e não treinam direito e não tem uma alimentação balanceada...Digo de novo prefiro morrer correndo do que ficar a 9 anos atrás obeso, sedentário e com problemas de saúde...A corrida hj virou moda e com a mídia toda divulgando isso tem muitos corredores se empolgando e calçando o tênis e saindo por aí correndo e não se cuidando da forma correta como deve fazer...

Valeu...Bons treinos,

Jorge Cerqueira
www.jmaratona.com

Vanessinha disse...

Lu! Sou suspeita em falar! Amo maratonas... fico triste por estar 2 anos sem correr maratonas. Já completei 6. E assim que fiz a primeira, em SP, prometi que faria uma por ano em quanto tivesse resistência para isso. Mas no ano passado quando eu ia para Curitiba machuquei o pé e não deu... Aí esse ano eu ia para SP e tive dengue... e agora a última etapa do Santista cai no mesmo dia de Curitiba... Tá difícil de partir para a minha 7ª Maratona! Foram: 2 em SP, 1 em Florianópolis e 3 em Curitiba.