terça-feira, 17 de maio de 2011

A CULPA FOI DO...CAGAÇO...

Salve, Salve nação corredora!!!!!! Cá estou eu...um pouquinho desapontada comigo mesma, porém ao mesmo tempo feliz!

Vou falar sobre a prova de Domingo, os 10km A Tribuna. Ao contrário do que acontece comigo em dia de prova: não sentí dor de barriga, não fui ao banheiro várias vezes, tão pouco não dormi direito. Tava tudo tranquilinho, até pelo fato de eu saber que não daria para cumprir a mea pretendida, que seria, ingressar na Elite B. O post anterior explicou sobre isso...

Pois bem. Às 6:15 hs esava eu de pé...Esperei meu pai no ponto e lá fomos nós...E eu, detalhe: de sainha...uhuuuu....Chegamos à concentração 7:15...Gosto de chegar cedo nessa prova, ver o povo alege, estreiando suas roupas de marcas, seus tênis cheirosos...acho bacana e ao mesmo tempo ridículo, principalmente por saber que a grande maioria reunida ali, não irá mais dar às caras na praia pra treinar, já que a febrezinha dos 10km A Tribuna termina exatamente no dia 15 de maio. A intenção da maioria é fazer lá o percurso em menos de 1 hora e exibir o bolachão no pescoço...rs..

Assim que chegamos, encontrei a Nete, uma amiga minha que está fazendo as fotos dos eventos esportivos aqui da baixada...como minha máquina pifou (naquela fatídica prova onde aconteceu de um tudo em Mongaguá), Nete estava a postos, como sempre com sua máquina na mão para pelo menos me registrar de ...sainha azul...rs...


Apesar da boa organização desse ano, achei que a nova categoria inserida na prova, foi absurda. A categoria Premium, dava o direito aquele que pagasse R$ 200,00, a sair junto com a Elite. A desculpa (além da óbvia..ganhar dinheiro fácil), foi que facilitaria aqueles que quisessem sair mais na frente e fazer seu próprio ritmo...ahã...tá bom então....

O fato é que faltando pouco mais de 20 minutos para a largada, eu estava calmíssima. Eu e meu pai nos direcionamos ao portão do pelotão 1, com largada ás 8:20. Quando passávamos podíamos ver a galera do pelotão 2 bem distante de onde largaríamos, cujo horário de largada estava marcado para às 8:35. bacana isso....Não era necessário ficar espremido, tão pouco ficar sentindo cheiro de suvaco e xixi....

Alonguei um pouco e me despedí do meu pai. Agora era hora de ir lá pra fita ao passo que meu pai preferiu ficar um pouco mais pra trás. Não faz muita diferença, até porque o tempo é computado pelo líquido, porém, gosto dessa coisa de ficar lá na frente, com a cavalaria...rs...

Rezei. Pedí...cantei o Hino. Era a hora de fazer o prometido...baixar o tempo na prova, chegar entre as 100 no geral....e...esquecer a Elite B....

Fuóóó. Lá fomos nós. Muita gente não sente, mas o percurso até o túnel, tem uma leve subidinha. Olhei no relógio: 4:39...tava bom...E essa seria a última vez que eu olhei para ele. A idéia agora era correr num eatado confortável e fazer abaixo dos 0:48:32 que era o meu melhor tempo em 10 anos que participo dessa prova.

Ao contrário do que pensei...a sainha não incomodou. Muito pelo contrário...achei um charme. Mas também ouvi muita gente falando quando eu passava: Nossa, correr de saia...nada a ver....Claaaaaaaaaaro que esses comentátios vinham de pessoas que não tem a menor idéia de que correr de saia é a coqueluche do momento...kkkkkkkkkkkkkkk.....

Assim que viramos na avenida Ana Costa, vi um casal saindo da calçada e entrado em uma rua paralela...coisa feia...iriam cortar caminho...Mas não era hora de querer fazer justiça com as próprios pés e arremessar um tênis na cabeça desses imbecis....O jeito era correr...Como eu disse, não olhei no relógio.

Na altura do km 6, confesso, fiquei confusa: "será que eu aperto? Será que vou pra cima????" Mas admito que sentí um certo cagaço de apertar, e chegar num tempo acima do que eu pretendia por quebrar lá na frente. A temperatura segundo a maioria, estava legal, mas ao meu ver, estava estranha...o que me fez pensar, repensar, tripensar em correr mais forte. Me mative no mesmo ritmo.

Quando viramos na orla da praia, altura do km 8, pude alcançar algumas meninas que tinham me passado lá no início, na boca do túnel. Gosto disso...Ruim pra mim, ruim pra todos...Elas também estavam cansadas e com certeza querendo temrinar tanto quanto eu...

Quando vi a placa dos 500 metros, fiz o que todos fazem mesmo estando no bico do urubú: acelerei num sprint fantástico, abri um sorrisão como se correr 10k fosse como andar até a padaria que fica na esquina e cruzei a linha de chegada. Só então olhei o relógio....Feliz! 0:48:15. A meta estava cumprida...melhor tempo do ano, melhor tempo nos 10 anos de prova....

Meu pai terminou com 0:59:20, tempo bacana, tendo em vista a última prova dele em  que ele fechou com 1:03:03. Pegamos nossa medalha e fomos encontrar o pessoal da equipe para foto básica....


Conversa vai, conversa vem....hora de ir embora...Descansar. Sabe que cheguei em casa numa merda!!!! A sensação era que eu tinha sido atropelada. Esta com dores nas asas das costas. Eu colocava o queixo no pescoço e doía na asa...credo. Dormí 1 hora e meia e já acordei mehorzinha..até levei meu filho pro shopping, pro parque, Mc Donald...rs...

Mas no dia seguinte, eis que veio a grande decepção. Se no domingo fiquei feliz com a meta alcançada, na segunda fiquei muito decepcionada comigo mesma. Ano passado fiquei em 98º na geral, 56º entre as amadoras e 18º na categoria. Esse ano, fiquei em 89º na geral, 60º entre as amadoras e 11a na categoria. Seria legal se não fosse um detalhe: 56 segundos me separaram da tão sonhada Elite B. Se eu tivesse feito exatos 0:47:23, estava lá. Aí vemn a pergunta: E está decepcionada por que? Simples: Porque tive medo. Medo de acelerar, medo de arriscar por achar que não tinha treinado suficiente. Eu podia ter chegado mais perto pelo menos. Seria menos frustrante. Eu podia ter feito 0:47:40..dava, eu sei que dava. Se ao menos eu tivesse olhado no relógio...Mas preferí achar que o certo era ficar ali no ritmo confortável...E dá pra chegar na elite com rimo confortável???? Faça-me o favor!

Fiquei feliz...estou decepcionada. Mas hopje é terça e já esquecí tudo. Saí pra treinar na fissura total. Fiz num percurso que costumo fazer 0:46:20, 0:44:05.. Me assustei. Achei estranho. Mas tava certo. Cansei da casa dos 48 merda"! Já fiz 0:46:05...que palhaçada é essa de ficar achando toda hora que não dá, que não pode...Mandei esse espírito derrotista que me lascou no domingo pras cucuias...Agora tô nervosa e juro provar pra mim mesma, daqui há 2 semanas, na 2a etapa do Campeonato Santista que eu posso tudo quando eu quero...eu vou chegar nos 47...palavra!

O bacana é aprender sempre com as provas. Aprender que o não treinar suficiente na sua concepção, pode ser bem mais do que o suficiente dos outros. Tem que arriscar sempre...Aprendí!

10 comentários:

Sergio disse...

Luciane,
me pareceu que você tinha um foco nessa prova que era quebrar seu PR. Isso você conseguiu! pelo treinamento, você achou que não dava para buscar o tempo da elite. Por isso não conseguiu. Acho que você fez o certo! Continuando o treinamento, o tempo de elite virá naturalmente quando você focar nele durante a prova e achar que está pronta...
ps leio sempre, seu blog é muito legal.
abraço,
Sergio
corredorfeliz.blogspot.com

Fabiana Amorim disse...

Menina, só de te ler eu perco o fôlego. Não consigo imaginar o que é correr 1 min abaixo do meu pace. É muito. E 47s é de matar mesmo... Mas quem corre sabe que diminuir estes 47 é pesado! Mas a gente sempre acha que dá. E se tu crês, vai dar sim... Empurra o pé no acelerador. Ai ai.. Saudade do pódio.. na última corrida fiquei em quinto. raiva. :P
bjs

Luciane disse...

Poxa, já fiz 46:05...o que é 47???? Vou atrás.. e chego na frente...rs...

Vanessinha disse...

Oi Lu, tudo bem?
Sabe que sei exatamente o que você está sentindo e o que você sentiu na prova quando pensou em não apertar o ritmo com medo de quebrar...
Eu era exatamente assim, quem tirou esse medo de mim foi meu marido. Quando começamos a namorar ele me falou que eu largava muito na boa e só acelerava no último Km... Ele dizia que mesmo que eu quebrasse, eu já estaria mais distante das meninas da minha categoria e seria mais difícil delas me pegarem... E ele sempre me perguntava: e se você não quebrar???? E sabe que os amigos dele também sempre me diziam que eu tinha medo de correr... Quando eu passei a confiar mais em mim, eu consegui diminuir meu tempo e a superar as minhas expectativas... Percebi que eu não tinha medo das minhas adversárias e sim de mim mesma...
Com certeza você merecia estar na Elite B há muitos anos... Tudo é aprendizado e na próxima você consegue.

PS: Amei a sua sainha!!!

Beijos

Ingrid disse...

Lu, que máximo!!
Parabéns!!!
A tua sainha é linda e tá por fora quem não sabe da moda no mundo corrístico... rsrsr
Que tempo fantástico!!!
Caramba...
Mas assim, entendo que sabes que o teu limite é outro e tenho certeza que vais "correr", e muito para buscar ele.
Bjão

Mayumi disse...

Fala, Luciane! Faltou tirar uma foto com você! Este ano, a largada estava bem melhor! Fiquei lá atrás, na segunda largada. Isrto foi muito bem planejado, pois não teve tumulto nenhum lá a tr´pas! larguei bem solta, deu para correr legal, sem ninguém sair prejudicado! Bati até o meu recorde! Rsrsrsrs.
Da próxima vez, me espere para tirar uma foto!!! Parabéns pela performance! Bjs.

DricaPeixoto disse...

Eu tb corro de saia e aqui no RJ ninguém estranha. Só estranham quando aparecem umas sais cheias de babados e brilhos ... rsrsrs

É estranho esse lance da cobrança, mas eu entendo que algumas pessoas são movidas por esse tipo de desafio. Melhorar e se superar.
Eu mesma já estou ficando um pouco mais competitiva e fico chateada quando percebo que não dei tudo de mim na prova ou no treino.
Na última corrida baixei o ritmo de 7:30min/km para 6:30min/km, em uma prova de 16k. Fiquei radiante ;)

Luciane disse...

Vanessa...]]

Já tentei esse esquema kamikase..sair forte e deixar as pernas pra depois...Algumas vezes confesso que deu muito certo mesmo. Mas ainda tenho que treinar muito pra largar forte e manter o ritmo, porque de que adianta eu largar há 4 por km e terminar a 5:30 né?? perco tudo que ganhei e chego em estado lastimável...Vou aprender....ah, vou...

Luciane disse...

Dricaaaaaaaaaaaaaaaaa....
que melhora hen??? Não é pra qq um não, baixar 1 minuto de pace....tá ótimo....qdo eu crescer quero ser assim...rs...Parabbéns guria...

Luciane disse...

Mayumi,,,
]
De fato este ano a largada fluiu mais...ainda bem que os organizadores estão pensando na gente...pelo menos um pouco....

qto a foto...haverá muitas oportunidades ainda

bjs