quarta-feira, 4 de março de 2009

MAS O QUE EU FUI FAZER???????

Sinceramente essa é uma das perguntas que venho me fazendo nos últimos dias. Na corrida do último dia 15, tive um saldo mais ou menos positivo, já que apesar de ter ganho o 2º lugar, também ganhei uma dorzinha um pouco abaixo do tornozelo. Pensei que com um pouquinho de descanso a dorzinha fosse embora, até porque como a prova foi pela areia, talvez tivesse sido o esforço pelo percurso irregular. Todavia, porém, entretanto, a dor continua. Não sei quem foi que escreveu aquele farse que eu tenho lido em tantos blogs: " A dor é temporária"... Ahã...pois a minha não é temporária não... muito pelo contrário, ela é contínua, teimosinha e gradativamente dolorida...Domingo que vem fará 3 semanas que ela não passa. Então, para piorar, resolvi me inscrever na Meia Maratona de Sampa que acontece no próximo domingo, o que resume-se na seguinte frase: Me lasquei inteira! Sábado e hoje fiz um treino longo...Optei por um treino de tempo e não distância, ou seja, corro 1h40min/ 1h45min... assim tento me acostumar com a dor que terei que enfrentar no domingo. O pior de tudo é que já vou correr psicologicamente abalada, pois muito embora eu esteja no auge do condicionamento físico (fôlego zerado e pernas zeradas), meu tornozelo avisa a todo tempo que serei castigada durante a prova. Esta corrida nem estava no esquema que eu fiz, ou seja, dentro das 17 provas que programei para este ano. Então, aquele bichinho chato que fica azucrinando no teu ouvido dizendo: "Vai, corre lá, o que são 21km??" me fez em 1 semana me inscrever e o pior começar a treinar. Sim, porque como todos sabem, o meu foco são os 10km do Circuito das Praias, então, treinar para a Meia em 1 semana é realmente bem sacrificante e totalmente diferente da rotina de treinos que eu vinha fazendo. Tudo bem, se a prova fosse hoje, eu terminaria, sem nenhum louvor, mas ainda assim terminaria. No entanto, à base de "bengué"... uma pomada que meu pai me emprestou e disse que é antigona e que cura tudo. Na verdade não sei se cura, mas sei que queima que só uma desgraça...Graças a ela, consegui terminar o percurso hoje. Eu juro por Deus que queria ir ao médico, mas já sabendo de antemão que ele irá me receitar gelo (já estou passando) e descanso (nem a pau Juvenal)...é melhor eu correr no domingo e só então ir ao fisioterapeuta, rezando com todas as forças do mundo para que isso não seja uma fratura por estress como estou achando que é. Meu consolo é que tenho apenas mais um treino longo, que farei na sexta-feira..depois é só em Sampa mesmo.
De toda forma, acho que vai dar tudo certo, pelo menos espero.
Aproveitando, que tal marcarmos um lugar e todos os blogueiros tentarem se encontrar??? Já sei que o Tutta vai, o Marildo, a Mayumi, o Régis, euzinha...e mais alguns que eu não tõ lembrando, mas sei que vão também...rs...Bom, eu vou estar na barraca da minha equipe... A barraca está escrito Decathon...vou estar de short amarelo limão...rs.....quem me ver, sai gritando... como o Régis fez na Meia Maratona da Praia Grande quando nos encontramos, aliás, quando ele me encontrou: Luuuuuuuuucyyyyyyyy.....kkkkkkkkk.... Confesso que é bem estranho você ser reconhecida por quem você não conhece. Se bem que reconhecer alguém que você também não conhece é meio chocante para mim...rs...Ok, antes de eu começar a filosofar sobre o que é mais difícil: reconhecer quem você não conhece, ou ser reconhecida por quem você não conhece, é melhor continuarmos aqui a tentar marcar um encontro de blogueiros...Espero sugestões...quem tiver, manda aqui...vou levar a máquina, esse encontro tem que entrar para os anais....da blogosfera gente....pois tenho certeza que no meio de vocês, nenhuma dor será mais forte... (olhaaaaaaaaa).. hoje eu tô empolgada...acontece.
Então fica assim...o encontro tá marcado, mas ainda sem um local...vamos nos organizando até domingo...

10 comentários:

Xampa disse...

um dorzinha ?!?!
nem me fale, comecei o ano trocando de dores. mas, acho que acabaram.
a solução: gelo, gelo, gelo !!!!

Jorge disse...

Eita mulher que escreve para chuchu...rsss...
Bom amiga dor não é bom sentir, mais já que vc está sentindo vá ao médico mesmo que ele diga que vc está com uma lesão, lembre-se que vc pode estar no início de uma lesão muito séria, é chato ficar falando isso, é claro que é, é chato ficar parado por causa de uma lesão vc sabe também que é, lembre-se que corridas teremos de montão para correr, mais a nossa saúde é uma só, então enquanto vc não vai ao médico, falo que nem o nosso amigo acima Xampa disse GELO, GELO e mais GELO no local da dor. Quanto a frase que vc se referenciou aqui eu tenho ela no meu blog, mais eu coloquei lá porque vi num perfil do orkut de um Ultramaratonista daqui do Rio e pedi permissão a ele para copiar e ele deixou, mais depois que li o livro do ultra maratonista dean karnases foi daí que eu vi da onde o pessoal tiraram essa frase que a dor é temporária...
Mais valeu boa sorte menina na meia de Sp, olha vc esqueceu de comentar aqui no seu blog o Paulo de Juiz de Fora do blog www.maratona160min.blogspot.com vai também na meia e a Cris que eu postei no meu blog vai também, a idéia de vcs se encontrar lá vai ser muito boa, aproveite para registrar bastante fotos, outra coisa tem um monte de corredores e blogueiros de Sampa que são da Equipe Play Team ve se acha eles também na barraca de cor laranja bom tem o NADAIS, RÉGIS, MAYUMI... e Etc...
Outra coisa quanto mais vc pensar NEGATIVO dá tudo errado, mesmo vc não se sentindo bem, pense POSITIVO que tudo dará certo.
Bjsss

JORGE CERQUEIRA
www.jmaratona.blogspot.com
Valeu...

Rodrigo disse...

O médico vai receitar gelo, repouso e provavelmente...raio-x e ultrassonografia :-)
Agora, fora de brincadeira, cuida bem dessa dor, e talvez realmente seja necessário ir ao médico!

Paulinho Stone disse...

Olá Lucy,
Tem uma frase que os meu "parentes" corredores costumam dizer... sobre a dor...
"...A DOR SARA COM O TIRO DE LARGADA...", sabe, pra mim funcionou uma vez... mas boa sorte na Meia...
Ahh.. sim, se vier correr a Maratona de Porto Alegre faremos um outro encontro de Corredores Blogueiros.

Abração

Paulinho Stone
www.paulinhostone.blogspot.com

António Bento disse...

olá Luciane
espero que neste momento a dor já tenha ido para outras paragens.
desejo-lhe boa sorte na meia maratona.
mas desejo sobretudo que vá a um fisioterapeuta, um osteopata, um profissional que a ajude. pare mesmo, pois só assim vai conseguir proteger a sua relação com a corrida a longo prazo. não prejudique essa paixão devido ao empolgamento com a próxima prova e com a adrenalina no auge.
As melhoras e até breve,
AB - Tartaruga

Carlos Lopes disse...

Ola

Amiga cuida bem dessa dor, começa assim , mais tarde pode virar um pesadelo. Ao encontro.. EU QUERO IRRRRRR

...tuttA... disse...

Oi Lucy, também tô sentindo dores, não é só você não. hehe
A minha é aquela temível dor de lado, tô assim desde sábado, e durante os treinos da semana ela sempre está voltando.
Senti essa dor na São Silvestre de 2007 e fiquei com ela por uns dez dias, agora tô até com medo de estar com ela ainda até domingo.
Espero que não.
E quanto ao encontro, tô dentro.
É só marcarem um local, apesar de eu não conhecer muito bem por aí, darei um jeito.hehehe
Desejo-te melhoras.
Bjinhus paranaenses.


...tutta...
ubiratã-pr.
www.correndocorridas.blogspot.com

...tuttA... disse...

Ah, esqueci de dizer,
sairei daqui de Ubiratã amanhã às 22h00 para São Paulo.
Bjus.

...tutta...
ubiratã-pr.
www.correndocorridas.blogspot.com

cris folgar disse...

Lucy, já que vc já fez a inscrição, tá decidida em correr (mesmo com esta dor: LOUCA!)! Só posso de desejar: SORTE AMIGA! Que dê tudo certo !
Bjs

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

Em relaçao ao "encontro dos blogueiros", estou fora por razões óbvias...


Em relação à dor que descreves... quem não sabe o que é correr com dor? Qual é o corredor que não acha isso um heroísmo? Pois eu até te posso entender, embora não concorde nada em que faças essa Meia. Se a dor se mantém há 3 semanas, piorou com mais tempo de corrida... que achas que vai acontecer na Meia? Se calhar nada, doi e aguentas e chegas ao fim feliz (assim esperemos) mas pode também acontecer o mais óbvio: piorar a lesão, que se começada a ser tratada no seu início talvez demorasse 1 ou 2 semanas, e se só começada a ser tratada em estado avançado, pode ser bem pior (estou a pensar por exemplo numa fractura de stress/fadiga e que levará 6 a 8 semanas a curar).

Tu decides. Tu sentes. Tu sabes. Tu optas.

Um beijinho para ti, e que essa dor não seja nada e passe logo! E se vais mesmo fazer a Meia, que tudo corra muito bem!

Um beijinho de Portugal

Ana Pereira