quinta-feira, 4 de junho de 2009

CORRER E RESPEITAR...TUDO A VER...



No Brasil tudo parece que funciona na base da vantagem. Hoje em dia ser educado é sinônimo de ser otário. Não é o que eu acho, mas é que o eu vejo por aí...A linha entre o direito do corredor e a educação chega a ser tênue, mas ainda é fácil diferenciar um do outro.


Duvido deodó que 100% dos corredores não tenham presenciado uma ceninha só de falta de respeito nas corridas.. e aqui abre-se um leque imenso, porque falar em falta de respeito, não engloba somente corredor, mas organização do evento, platéia, staffs...vixe...é gente e gente mau educada...


Para elucidar melhor, vou dando exemplos que presenciei e comentar em seguida.



Corrida dos Atletas Solidários. Acho engraçado. Ok, você paga para se inscrever e muitas vezes, caro demais, mas não é só porque você está pagando que pode desperdiçar...Um homem logo à minha frente pegou um copo de água, antes mesmo da largada. Deu um gole, jogou o copo fora. Menos de 2 minutos depois, pegou outro copo, deu outro gole, jogou o copo fora. Na 3a vez, um atleta, talvez mais consciente do que o que estava bebendo a água (desperdiçando entenda-se), lhe perguntou se ele havia comido bacalhau no dia anterior e o cara de pau simplesmente respondeu: "Ué, tá aí, tô pagando, tem mais é que gastar mesmo".Poxa peraí...tem água, ótimo...tem muita água, ótimo, mas desperdiçar não está com nada. Já vi tantas corridas que por um ou outro fazer esse tipo de coisa, acabaou faltando água no meio do caminho para os retardatários. Tem que ter consciência, respeitar os colegas.



10km A TRIBUNA: Na verdade acho essa prova campeã em falta de respeito, muito embora eu corra há 8 anos a mesma. Na verdade muita gente acaba nisso. Outro episódio com copinhos de água. A prova reúne cerca de 15.000 atletas..é uma muvuca sem fim. Você sabe em que parte da rua está localizado o posto de água, pois há placas informando. No entanto, você permance exatamente no lado oposto e em questão de 1 segundo, quer atravessar para o outro lado...Primeiro lugar, não se deve cortar ninguém em uma corrida. É perigoso, é desnecessário e é desrespeitoso também. Vá pegando a mão onde se localiza a água...Não obstante a isso, o atleta abre o copo, bebe e sem olhar para se vem alguém atrás, arremessa...Já vi um tombo cinematográfico por causa disso. Uma moça vinha logo atrás, o atleta arremessou o copo, ela pisou e foi suficiente para ase estabacar de joelhos. Não custa olhar para o lado...Eu mesma seguro o copinho até que eu consiga me desfazer dele no meio fio...já cheguei a correr mais de 1km com o copo na mão e nem por isso me prejudiquei na corrida...é uma questão de educação.


Ainda nessa prova....Sempre os meninos do exército participam correndo, de botinas...é legal. Este ano, na latura do k8...meu pai chegou junto dos meninos. Sabe se lá porque, simplesmente eles se espalharam na rua inteira, e dali em diante ninguém mais passava...Ninguém é ninguém mesmo. Não se sabe o motivo, o que se sabe é que foi uma grande falta de respeito, já que muitos vinham num bom ritmo, uma vez que a chegada estava p´roxima e por causa dos "recos" não conseguiram diminuir o tempo, muito pelo contrário. Meu pai, chegou a tentar ultrapassá-los, no entanto a barreira não deixou...Lamentável....
7km SUBIDA DA ILHA PORCHAT: A largada estava marcada para começar às 08:30. O termômetro marcava 13ºC. Todos foram para a largada quando um imbecil fala ao microfone: " Pessoal, tenham um pouco de paciência. A largada foi adiada para às 09:00 porque muita gente ainda não pegou o kit". Alvoroço total, xingamentos e muitas vaias. Na verdade foi muito pouco pela grande falta de respeito que tiveram com a gente. E o que temos a ver se fulano ou beltrano deixou de pegar o kit? Chegasse mais cedo como eu e muitos que estavam ali. às 09:10 deu-se a largada. Conclusão: Uma prova que nunca mais aconteceu na cidade...

4a etapa do Campeonato Santista do ano passado: Quem gosta de ficar logo na frente tem grandes pretensões, pelo menos assim eu penso quando me dirijo para tal lugar. E naquele dia não foi diferente. Todavia ao meu lado um casal que talvez não pensasse dessa forma. Quando foi dada a largada, um empurra aqui e outro lá, acabei empurrando a mulher do cara que estava caminhando como se estivesse no shopping. O cara disse: "Não precisa empurra não, não vai subir no pódio..."Tá e o que que tem isso a ver? Se tu quer só dar um treininho, vai lá pra tráas, não atrapalha quem luta por resultados...è falta de senso, falta de noção, falta de respeito! É claro que como o meu interesse era corrrer, só fiz um sinal de positivo para o cara tipo.."Falô então amigo..."

Tem tantos outros exemplos que eu poderia ficar aqui horas e horas descrevendo. Mas no entanto eu prefiro pedir para que tenhamos bom senso nas provas e que sejamos educados. Sei que é bem difícil, já que em certas situações dá mesmo vontade de socar como o episódio em que premiaram todas as categorias de 5k e de 10k juntas...mas...pondere...vale a pena ainda ser educado...

6 comentários:

satrijoe disse...

Oi Lucy.

Os organizadores podiam colocar as suas sugestões em uma cartilha do corredor e colocá-la dentro do kit dos atletas. Se metade do pessoal lesse, já ia ser uma vitória!

Dá trabalho mas essa coisa de largada podia ser resolvida se botassem alguma difenciação já no número do peito, tipo se vc se increve nos 10km que vai correr pra 50min recebe uma cor azul, 40 min é verde e 30 min está na elite e é branco. Aí na hora da largada, não tem erro, dá pra saber logo quem deve largar onde. O que vc acha?

Bom fim de semana e bons treinos.

Shigueo

PS: Muda o link do meu blog pro novo endereço:
http://satrijoe.wordpress.com

Fábio Pio Dias disse...

Olá Luciane!

As faltas de respeito, acontecem em todo o Mundo, também já passei por muintas situações idênticas,desde atletas que fazem da corrida um passeio, outros que no final querem sempre mais um kit outros trapaceiros ...enfim!

Abraço e continuaçãode boas corridas!

Carlos Lopes disse...

faço as palavras do Fábio as minhas

Mayumi disse...

Pois é, Luciane:
Há gente de tudo quanto é tipo! Mas, já presenciei muita gente educada, tb, graças a Deus! No final da meia da Yescom, acho que eu estava "pedindo arrego". Passou um rapaz com um copo com água pela metade (ele estava bebendo) e deu para eu beber! Kkkk. Um dia, fui assistir a uma palestra no Ginásio do Ibira, vi muitos copinhos vazios jogados nas cadeiras. Quando eu ia embora, fui catando os copinhos para jogá-los no lixo. As pessoas que vinham atrás começaram a fazer o mesmo. Não digo que eu fui o exemplo, mas que existem pessoas conscientes de que as coisa podem mudar, isto existe! É só cada um fazer a sua parte! Quem sabe um dia, a gente veja os valores mudados para melhor! É isso aí, Luciane, parabéns pelo post!

Flavia disse...

Luciene,
Parabéns pelo blog. Sou novata no mundo das corridas, estou adorando.
Se todos fizerem a sua parte poderiamos viver em um mundo melhor....
Um beijo,
Flávia
www.minhametaecorrer.blogspot.com

Marildo Nascimento - www.4corredores.com.br disse...

Oi Luciane!
Tudo bom?
Estou de volta depois de um longo tempo só trabalhando para construir nosso novo site o www.4corredores.com.br que eu gostaria muito que vc visitasse.
Passei aqui também para te convidar para vc dar aquela escapadinha em nosso blog (esta dentro do site) e ler o nosso texto "Tomando do próprio veneno. Uma verdadeira Dádiva!"
Espero que vc goste.
Um grande abraço
do amigo
Marildo Nascimento