segunda-feira, 7 de junho de 2010

E AÍ, VAMÔ ENCARAR????








Tá afim de alguma corridinha que exige muito preparo físico, mas te dá de presente uma vista incrível? Então... faço um convite pra vocês....



Com um cenário diferente das corridas habituais e apontada como uma das mais duras do País, o 5º Desafio da Mata Atlântica A Tribuna Cubatão está confirmado para o dia 3 de julho. A novidade deste ano é que após entendimentos com o Caminhos do Mar – Pólo Ecoturístico, responsável pela administração, restauração e preservação da área, o número de inscritos aumentará para 2.000 atletas. As inscrições já estão abertas desde 1º de junho.



A prova é realizada no Caminho do Mar (Estrada Velha), uma área de total preservação ambiental e patrimônio histórico, declarada pela Unesco como Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. Em função disso, há o limite de atletas e até o ano passado, eram 1.500 participantes.


Mas além da paisagem e da oportunidade de conhecer parte da história do País, os atletas enfrentam um percurso de 7,5 km só de subida íngreme, com ascensão de 10% a cada km e sem trechos planos. A largada é feita ao nível do mar, junto à Refinaria Presidente Bernardes, e a chegada a 720 metros de altitude.


Corredores especialistas em subidas classificam a disputa como a mais difícil e também a melhor, por toda a estrutura oferecida e o visual. E são esses pontos que atraem muitos amadores, buscando superar seus limites.


Para este ano, o Desafio da Mata Atlântica já tem garantida emoção nas disputas pelas vitórias. No masculino, um dos maiores especialistas em subidas, o pernambucano Francisco Barbosa dos Santos, o Chiquinho, bicampeão em 2007 e 2008 e vice em 2009 (chegando empatado com o queniano David Kiprotich) confirmou presença. Entre as mulheres, a goiana Marizete Rezende, tricampeã em 2006, 2007 e 2008 e terceira ano passado, e a mineira Rosângela Raimunda Pereira Faria, vencedora da edição passada, também são nomes certos.


A prova foi criada em 2006, com a proposta de unir o esporte com a consciência ecológica e a importância histórica. Em todo o trajeto, hoje fechado para o tráfego de veículos, as pessoas podem ver detalhes que remetem à época da colonização, ao Movimento Bandeirantes, às várias fases do Império e, mais recentemente, ao surgimento dos automóveis.Até a construção da Rodovia Anchieta, em 1947, a Caminho do Mar era a principal via de ligação entre o litoral e o planalto e por ali trafegou parte da história paulista. Foi construída no meio da Mata Atlântica em 1917 sobre a antiga Estrada da Maioridade (denominação em referência à emancipação de D. Pedro II), esta inaugurada em 1844, basicamente para o tráfego de carroças e diligências. Em alguns trechos, a Caminho do Mar se encontra com partes de uma estrada mais antiga ainda, que ligava São Paulo à Baixada Santista. É a Calçada do Lorena, de 1792, caminho de pedras que segue o traçado em ziguezague de velhas trilhas indígenas, criado para escoar em lombo de mulas a produção agrícola das vilas do interior.A ecologia, com verde cercando toda a estrada, também é um show à parte, em meio à Mata Atlântica, entre ipês, aroeiras, guatambus, embaúbas e espécies de animais nativos.


Vale destacar que a organização da prova tem todo o cuidado com a preservação ambiental e, logo após a passagem dos atletas, equipes de limpeza retiram qualquer sujeira das pistas (como copinhos de água e papéis), evitando que algum detrito fique nas encostas.


Gente.. vale a pena....Das 5 edições, essa será a 3a vez que participo....è muito sacrificante, a gente pede pra morrer várias vezes, a panturrilha rasga, a respiração falta, mas quando a gente cruza a linha....ptz....sem comentários....Eu já garanti a minha inscrição.....


INSCRIÇÕES - Para participar da prova, os atletas terão de se inscrever a partir do dia 1º de junho e devem ser feitas à Rua Itororó, 27, no Centro de Santos, ou on-line, pelo site oficial, http://www.triesportes.com.br/. A taxa é de R$ 65,00. Idosos acima dos 60 anos têm desconto de 50% (R$ 32,50) e assinantes do Jornal A Tribuna (Clube do Assinante A Tribuna) pagam R$ 55,00.


Todos os inscritos ganharão camiseta alusiva ao evento, feita em tecido 100% poliamida.A organização informa que somente atletas maiores de 18 anos poderão participar do evento. “Os corredores não devem perder tempo para se inscrever, sob o risco de ficar de fora dessa prova diferenciada. Nos outros anos, as vagas foram preenchidas em menos de uma semana”, alertou o coordenador geral do evento, Davidson Iuspa. Mais informações no site http://www.triesportes.com.br/ e pelos telefones (13) 2102.7081/7136.

Bora, que a subida é looooooo

6 comentários:

MarLee disse...

Legal, A taxa de inscrição é salgadinha, mas de tudo que vc relatou vale a pena... Bons treinos e bora correr!!!
´\o/`moveeeeee
www.marleemove.blogspot.com

elis disse...

uma dica excelente, luciane! só de ler você contando, deu vontade! e eu que adoro uma subida... vou lá no site ver mais detalhes da prova...

Jorge disse...

Se vc for nela boa sorte menina, manda ver.

Bons treinos,

Jorge Cerqueira
www.jmaratona.com

Anônimo disse...

Naquela fumaça poluida, fritando nosso cérebro? e ainda pagar por isso?

Joka disse...

To fora, cansei dessa prova...kkkk Bons treinos guerreira.

Felipe de Souto disse...

Lú!!!! Quanto tempo!!!!
Eu topo essa corrida, mas só se no Kit de inscrição eu ganhar uma cadeira de rodas...tem? Tu é loca!! Uma das mais difíceis do Brasil?! Não, não...coisa para vc e o Jorge Ultramaratonista...
Beijão!
Felipe de Souto