quinta-feira, 24 de setembro de 2009



17A MARATONA DE REVEZAMENTO PÃO DE AÇÚCAR - SERIA CÔMICO SENÃO FOSSE TRÁGICO...OU VICE-VERSA?



Verdade seja dita. Quando pensamos em participar de uma Maratona de Revezamento ou quaquer prova que envolva a dependência de 1 ou mais pessoas além de você, a organização é primordial para que dê certo. Quado a nossa equipe Matungos, pangarés e Amigos decidiu montar 2 grupos: 1 de 8 atletas e 1 de 4, no qual eu fiz parte, juntamente com meu marido, Manuel e Clayton, talvez a gente não achasse que fosse tão difícil cumprir a tarefa..rs...


O problema todo começou quando percebemos que nem todos os atletas partiriam do mesmo lugar, ou seja, alguns sairiam de Santos, outros de São Paulo, outros da China...rs...Isso complicou muuuuuuuuito já que no meio de 30.000 atletas inscritos para a prova, ficaria, digamos, um pouquinho complicado nos encontrarmos...


Eu e meu marido, felizmente conseguimos uma vaguinha no Hotel Parks, que na boa, deixou muuuuito a desejar...todavia, os outros atletas de minha equipe, Manuel e Clayton que tb levou sua noiva Ana, não conseguiram e tiveram que sair de Santos às 03:30 da madruga...




Eu e meu marido no Hotel Parks na véspera traçando carboidratos...rs...



No dia da prova acordamos às 05:50. Apesar do aviso no mural do hotel indicar que o café da manhã seria servido às 06:00 da manhã, tivemos que partir às pressas, já que foi servido às 06:30 e a largada da prova seria às 07:00.


Não tínhamos combinado ainda quem seria o primeiro, o seguno, o tereiro ou o quarto a largar. O que sabíamos é que na hora a gente decidiria. Com um pânico imenso de não nos encontrarmos, chegamos ao local.Por mais que a gente desse como ponto de referência o Obelisco, o parque do Ibirapuera era tão grande que até a gente encontrar o tal, foi bem demorado.




Ok...com uma dificuldade a menos, passamos a nos organizar...Clayon sairia primeiro, pois era o mais rápido. Em seguida, Manuel pegaria a pulseira (bem fuleirinha, diga-se depassagem), após meu marido Cássio assumiria e por fim, eu, correria a menor distância, uma vez que seria bem veloz para terminar o desafio.


Uma loucura total! No nosso numeral indicava que deveríamos ir para o portão 8, enquanto o primeiro a largara ficaria na largada. Num lugar totalmente desorganizado, demoramos pelo menos uns 20 minutos até nos situarmos. Não era só a gente não... Era um tal de nego ir correndo pra lá eem seguida vim corrednopra cá, porque descobriu que o seu portão era outro. Muito embora os Staffs estivessem ali para orientar, acho que não estavam preparados para atender tanta gente com a mesma dúvida: PRA ONDE EU TENHO QUE IR?




Pulserinha safada...essa viu...



Agora sim... já sabíamos que tínhamos que esperar no portão 8...seria onde tudo acontecia!!!! rs....Passado o susto e despedida do copanheiro Clayton que foi o único a ficar em local diferente que todos nós, por ser o primeiro a largar...vamos às apresentações...rs...




Clayton, nosso primeiro atleta a competir. Rápido e com muito espírito de competidor...Odeia perder tempo na largada...aliás, odeia perder. Seu tempo médio para os 10k....36/37



Manuel. Aquele que receberá apulseira de Clayton. Participa de corridas quase todas as semanas. Embora ainda tenha alguma dificuldade em baixar o seu tempo, se mostra um competidor de vontade e muito divertido. Seu tempo médio para os 10k: 54/62min




Cássio Luis, meu marido. Não treina, mas adora tomar Guaraná Viton. Não nasceu pra coisa, mas insiste em se inscrever para correr...Seu tempo médiopara os 10km: 55/60





Dispensando quaquer tipo de apresentação...rs...mas já me apresentando...Euuuuuuuuuu....corredora pequena, mas com enorme vontade de fazer bonito. Tempo médiopara os 10k: 46/47



Mal a gente encontrou olugar certo pra gente ficar, ouvimos a largada. Clayton havia partido. O cara tava babando para coseguir um bom resultado. Enquanto esperávamos, vimos as primeiras equipes passando a pulseira. Na boa, a cena foi "selvagem"...rs...um cara vindo na vula, chegando perto do parceiro que correreia em seguida, passando a paulseira com velocidade e agressividade...rs...Nada de parar, desejar boa sorte...rs...Não tinha disso não...o povo não tava pra brincadeira...Nessa hora, Manuel, da minha equipe, se assustou..."Meu Deus, eu não vou conseguir pegar a pulseira do Clayton.. ele vai passar direto e vai me levar..."kkkkkkkkkkk.. riso total...A gente podia não estar ali para ganhar nada, mas pelo menos pra se divertir...ah, isso eu tinha certeza...Então eu pedi pra que Manuel fizesse uma cara de assustado.. e olha o resultado da palhaçada...rs...


kkkkkkkkk..muito bo mesmo....O relógio corria e aos 44minutos o Clayton não chagava. Tudo bem, a distância percorrida por ele, seria a maior, 11k e alguma coisa. Todavia pela média de tempo dele (37min), com 43 acreditávamos que ele estaria ali para a troca de pulseira. Mas kdo cara? Eis que avisto ele vindo...Passou a pulseira na casa dos 47....ecom uma cara de Incrível Hulk que deu medo!



Nem eu, nem a Ana (noiva do Clayton) entendíamos o porquê da braveza...rs...Ele tava transtornado! Manuel partiu. Perguntamos para o Clayton como havia sido: " Prova de merda. Percurso horrível...Perdi mais de 7 minutos na largada. Tive que dar cotoveladas pra sair do lugar. Nunca mais corro essa prova de merda.Que tempo lixo. Ainda veio um cara "peidando" do meu lado..dá licença".
kkkkkkkkkkkkk...Tadinho. Juro que fiquei com pena. Ter sido o primeiro, muito embora a gente achasse que seria uma boa, já que ele é muito veloz, foi um grande erro. Mas tudo bem...já era...


Enquanto esperávamos Manú, xixi, muito xixi...risadas e o que mais interessava..tentar saber onde era cada subida, onde era cada descida etc etc e tal.


Manú correndo, meu marido já a postos para pegar a pulseira e sofrer muuuuuuuuuuito e eu ali tietando...Achei Gustavo Borges no meio da multidão e é claro..."Queridão, tira uma foto comigo"...E queridão mesmo...porque o cara é imenso.....Ele tava meio concentrado na prova, mas mesmo assim tirou a fotinho...e fez uma criança feliz...rs...


Enfim...Manú chegou...com tempo alto...0:01:07...mas chegou..ebaaa....Reclamou das subidas e confessou ter tido que andar em alguns momentos. Era a vez de meu marido...Tadinho. Eu estava com dó...Não treinou nem um dia e teria que encarar 10,5 km e com muuitas subidas...é...vai lá queridão que é a tua vez....

O legal é que seria ele que me passaria a pulseira...Bacanérrimo....Eu começava a ficar apreensiva. O tempo nublado deu lugar a um sol lindo. Mais uma vez..tadinho do meu marido....e tadinha de mim.. que já estava ali há quase 4 horas e ainda teria que correr...É bem difícil esselance de esperar...Você não consegue se concentrar, nem se alongar direito...é estranho.


O sol fo embora e Cássio, após 1 hora e 5 minutos apontava com a pulseirinha na mão. Achei que fosse enontrá-lo mais cansado, mas na boa, eu queria mesmo era terminar aquilo ali o mais rápido possível.


Não sei bem e foi a euforia de estar numa prova de revezamento com tanta gente me olhando que fiz o que fiz. Aliás, acho que nunca mais conseguirei fazer esse feito....Meu tempo por km é de 04:30...Quando olhei para o relógio e vi marcando 03:24...e um mané que aguardava o seu companheiro passar, dizer que eu iria enfartar, percebí o que eu estava fazendo. Que ritmo era aquele minha gente? Tudo bem, já no 2 quilômetro, o relógio marcava 08:22, ou seja, coerri para 5 minutos.De toda forma foi válido, já que logo no início havia uma subidinha. Aliás, o percurso inteiro é feito de subidas.. e que subidas...Corri a prova toda variando o ritmo entre 4:30/ 5:00...Fiquei brava quase que o tempo todo, já que quando passávamos por tapetes de troca deoutras equipes, muita gente andava e atrapalhava muito já que o espaço era bem apertado. Não tive vontade de parar em nenhum momento, não me senti mal, não andei em nenhuma subida, o que acabou sendo um treinão para semana que vem, onde correrei uma prova de subida.


Agora, o melhor foi o final...rs...Quado faltavam 500m, duas entradas se mostravam à frente: uma para aqueles que terminariam e outra, para aqueles que dariam outra volta. Mas não havia indicação para isso, somente os STAFFS olhavam a cor do numeral e mandavam o atleta entrar aqui ou lá...Pois bem...ùltimos metros...Acelerei...Agora sim, eu estava cansada. Em qualquer prova, os metros finais são planos, ali aida havia subida...loucura. Entrei numa das passagens. Segui o fluxo. Onde eu estava avistei uma palca escrito: Largada e do outro lado do alambrado onde outros atletas estavam correndo, uma placa escrito CHEGADA. Comecei a observar a cor dos numerais. Apenas eu estava com numero verde escuro ali, ao passo que os outros possuíam numerais verde claro. Do outro lado do alambrado o povo do verde escuro prestes a passar pela chegada.


Não duvidei, olhei para um dos STAFFS (haviam 2)e disse: "Tô errada né?" Ao olhar meu numeral ela balançou a cabeça dizendo que sim e me pediu para voltar..."O quê??? Vou voltar nada...Não vou voltar quase 1km pra trás..vou entrar aqui mesmo"....O outros STAFF imediatamente abriu o alambrado e do nada surgiu euzinha no meio da chegada e da multidão verde escura...kkkkkkkkk




kkkkkkkkkkk...Pisotiei 3 vezes no tapete para registrar meu chip e terminei a prova em 48min....kkkkkkkkk....O povo ria, eu ria, meu marido,o Clayton, Manú e Ana não entendiam nada...Mas eu estava ali e terminei a prova corretamente...pelo lugar dos verde-escuros....kkkkkkkkkkkkkkkkk....Essa ficou na história...


Depois de tudo...uma loucura para achar o local de retirada das medalhas.Apenas o 4º componente poderia pegá-las...A gente tava achando que ainda ia ganhar um super kit... mas que nada...corridinha safada. Nessas horas a gente agradece a CORPORE por ser tão organizada. Tudo é perto. A gente chega, pega o kit, pega gatorade, pega medalha...Agora lá..foi uma zona...nada de gatorade, nada de kit...só um bebidinha lámas isso ne conta...Vaos combinar...nunca mais corro isso.
E a medalha safada! Nunca vi.... Até as provas que corro aqui pela baixada tem medalhas melhores...Horrível. No entanto algo de positivo...Gostamos de participar de provas de revezamento e já estamos nos organizando para correr Interlagos...vamos ver....De resto, o que ficou foi a farra mesmo...as risadas, porque a organização e a prova em si....SEM COMENTÁRIOS!


affffffffffffffffff..........e semana que vem...vamo subiiiiiiiiiiiiiirrrrrrrrrrrr....

4 comentários:

Jorge disse...

Eita Lucy, que saga foi essa nesta prova hein, ainda bem que no final todos correram e deu tudo certo...Bom pela primeira vez aqui no Rio teremos essa prova também, e espero que não tenha toda essa confusão que teve ai...Parabéns a vc e sua equipe por completar o revezamento.

Bom final de semana e boas corridas.

Jorge Cerqueira
www.jmaratona.blogspot.com

Marildo Nascimento disse...

Menina se vc não gostou dessa vai se decepcionar mais ainda na de Interlagos...a muvuca é maior ainda...risos e a corrida é cheia de subidas e subidas...risos
Bem deixa para lá o que vale é a experiência e o convivio com os amigos e a familia no domingo... e isso vc fez muito bem... Parabéns ao grupo de Matungos!
Um grande abraço
Marildo Nascimento

joaquim adelino disse...

Parabéns, uma bonita história.
Mantenham essa alegria, a vida sem isso não tem significado.
Abraço.

tutta disse...

Parabéns mais uma vez Lucy.
A prova foi ótima, porém, seu relato foi extraordinário.
Bastante empolgante e ilariante também.
Leio quase todos rindo, vc é um show.
Parabéns e continue assim, firme e forte nas corridas e nos brindando com relatos magníficos como este.


tutta
ubiratã-pr.
www.correndocorridas.blogspot.com