quinta-feira, 7 de abril de 2011

VIVA NOSSOS QUERIDINHOS.....!!!!!!!!!!!!!!




Todos os anos, dezenas de modelos de tênis para corrida são lançados no mercado...e cada um deles prometendo mais do que o outro...é solado com amortecimento de pluma, cabedal que molda, desigh que faz voar...E o pior de tudoé que a gente sempre cai nessa mesmo. Trocamos nosso queridinhos dentro do prazo de 6 meses a 1 ano, dependendo dos treinos e fazemos da tripa coração para entrar numa nova aquisição...é triste pensar que teremos que barir mão de sapatos,bolsas e roupas e gastar mais de 500,00 num novo tênis.

Mas será que é mesmo necessário gastar tanto num tênis? Será que quanto mais caro melhor? Será que só mesmo as marcas Nke, Asics, Mizuno (as queridinhas) são as que trazem melhor resultado????

Se fizéssemos essa pergunta ao etíope Abebe Bikila, ganhador da maratona dos jogos Olímpicos de Roma, em 1960, à  sul-africana Zola Budd  e á  brasileira Jorilda Sabino, certamente  todos diriam que não é prciso correr com tênis caros ou de marca, na verdade nem é preciso correr de tênis...rs...Sabem por que? Todos eles corrreram e ganharam importantes competiçõescorrendo....DESCALÇOS. Budd venceu os 3.000 metros da Olimpíada de Los Angeles e Jorilda Sabino foi vice-campeã da São Silvestre. É pouco????


Diante disso, a gente começa a seperguntar s evale mesmo a pena gastar o que nãomete inúemros benefícios a nós corredores. 

Pois bem. O diretor de Pesquisa & Ensino da Newton Running, Ian Adamson, mestre em Medicina Desportiva e formado em Engenharia Biomecânica, revela que a maioria dos calçados, mesmo aqueles com preços mais salgados e de marca, muitas vezes não ajudam em nada, ao contrário, até podem prejudicar o corredor. A empresa que Adamson trabalha lança no mercado brasileiro e internacional um novo modelo de tênis, que tenta ser inovador ao aplicar alguns conceitos revelados por pesquisas americanas.

O mestre em Medicina Desportiva cita um estudo realizado por Daniel Lieberman, professor do Departamento de Evolução Biológica Humana da Universidade de Harvard, e outros três colegas, que investigaram diferentes pisadas: de corredores norte-americanos com calçados e adolescentes quenianos da região do Rift Valley (o celeiro dos corredores de longa distância do Quênia) que sempre correram descalços. O resultado é surpreendente.

“Depois de muita investigação foi constatado que mesmo em superfícies mais duras, a pisada descalça é feita com a planta do pé, o que gera menos impacto que um tênis tradicional de corrida, no qual se começa a pisada pelo calcanhar”, diz o especialiasta. Ainda de acordo com ele, esses tênis projetados com mais altura no calcanhar podem provocar lesões ao invés de evitá-las. “É preciso ter um limite no gradiente de elevação desses produtos”.

Além desta falha, Adamson também alerta que centenas de tênis de marca já passaram por exames detalhados em laboratórios e a maioria deles, com poucos dias de uso, já apresentavam deformações. “Quando esses calçados recebem o peso do atleta e sofrem impacto, vários orifícios aparecem na estrutura. Muitos têm forte amortecimento e o tênis é bastante confortável, mas o material utilizado na confecção não é durável”.

Eu já disse que aqui que corri pelo menos uns 3 anos descaça. Nunca sentí absolutamente nada. Nenhuma dorzinha no joelho, nada..Tudo bem... adquiri um olho d epeixe que me rendeu 6 porconta d eum graveto à beira mar, mas nada que me fizesse me traumatizar....rs...

Hoje a coisa tá muito avançada. Qualquer corredor,ou pelo menos nós que corremos há muitos anos, sabe que tipo d episada temos e então conseguimos eliminar ensiste em dizer que vai te fazer quebrar rcorde até de queniano...

Entretanto,  esse tal de Adamson é bastante convicto sobre a ineficácia dessa tecnologia.

Para Adamson, o calçado precisa ser mais plano (mais baixo), se é supinado ou pronado, não importa. Ele relembra que décadas atrás, em época de guerra, diversas pesquisas foram feitas para saber se os soldados precisavam ou não de um sapato de acordo com o formato do pé, a fim de aumentar a agilidade do exército durante os combates. A resposta? Não era necessário. Além de ser extremamente custoso, em termos de performance o resultado seria pífio.

Mesmo nos casos mais específicos, das pessoas com pés chatos, a intervenção de sapatos “especiais”, geralmente é dispensável, porque até este tipo de pé é funcional. “A gente também descobriu que nas sociedades mais primitivas, ou as que não usam tanto sapato, as pessoas possuem os pés mais saudáveis e fortes, os calçados são responsáveis por inúmeras deformações”.

O diretor de Pesquisa & Ensino da Newton Running esclarece também que existem outros fatores com maior impacto na saúde e na perfomance dos esportistas. “A postura do atleta precisa ser levada em consideração durante a corrida. Os movimentos devem ser corretos, caso contrário há uma perda desnecessária de energia, ou até mesmo o surgimento de uma força que freia o corredor"...

Concordo plenamente. Vcs sabem que eu somente descobri que corria errado há 1 ano atrás. Estava correndo, quando o ultramaratonista Marcio Oliveira chegou ao meu lado e me sugeriu que eu corresseerguida e com os punhos cerrados...assim eu gastaria menos energia..batata! Na oura semana, na academia, comecei a correre na esteira de frente para o espelho  pude consttar que realmnete eu corria errado...postura caida, corcunda...horrível...Felizmente a má postura foi corrigida e eu perceb´´i melhores rendimentos na corrida.

“O homem tem uma capacidade incrível para correr, graças ao suor, que regula a temperatura corporal. Nenhum outro animal seria capaz de permanecer mais de 24 horas correndo, haveria um super aquecimento. Então temos que desfrutar desse talento e saber como aperfeiçoar essa habilidade”, conclui Adamson, que também é heptacampeão mundial em corridas de aventura, recordista mundial de canoagem de resistência (421 quilômetros em 24 horas) e o atleta master mais rápido na Ultramaratona Badwater (2010), com 217 quilômetros, considerada a “maratona mais difícil do mundo”.

Com base nos estudos mencionados, um novo tênis, o Newton Running, chegaou ao Brasil e apresenta um sistema mecânico diferenciado: ao invés do corredor encostar primeiro o calcanhar no chão, o novo calçado faz o atleta primeiro tocar a pista com a parte anterior do pé. Esse tipo de movimento imita a corrida com os pés descalços, de menor impacto.

Além de ser inspirado na terceira Lei de Newton, na qual “toda ação provoca uma reação de igual intensidade, mesma direção e sentido contrário”, a empresa também afirma que o calçado foi elaborado com uma característica de “membrana ativa”, para promover absorção do impacto com retorno de energia e prevenir lesões.




É...apesar de eu já ter corrido durante muito tempo descalça, amo meus tênis...e compro sempre com muito carinho...aliás....ah..deixa isso pra outro post....rs...

fonte: webrun

4 comentários:

DricaPeixoto disse...

Descalça só na areia da praia, não consigo me imaginar correndo descalça no asfalto. Sei lá, falta de hábito. rsrsrs

Talvez aquele novo modelo minimalista me faça mudar de idéia, o que parece uma luva para os pés (five fingers?).

Sobre os benefícios de correr descalça, sempre leio e ainda não cheguei em uma conclusão do que seria ideal para mim. Mas o assunto é interessante demais!

Bons treinos!

Jorge disse...

---------\\\\|/---------
--------(@@)-------
-o--oO--(_)--Ooo-
Hj em dia é realmente de impressionar a cada dia que passa
aparece vários tênis que fala de várias tecnologias e etc e etc...E agora tá essa onda de correr descalço eu não recrimino ninguém que corre descalço mas jamais correria assim, no mês passado tive um encontro aqui no Rio com o corredor Shigueo de SP mais ele mora e trabalha nos E.U.A. de uma olhada no link do blog dele, pois o mesmo conheceu o Chief Running Officer da revista Runner’s World americana.
http://satrijoe.wordpress.com/2011/03/13/uma-lenda-de-carne-e-osso/

E ele me disse que o Chief a cada 3 dias ganha alguns pares de tÊnis para testar olha só que beleza não é mesmo...Valeu corredora, bons treinos.

Jorge Cerqueira
www.jmaratona.com

marli disse...

٠•●ॐ●• Namastê • ٠•●ॐ●•
Bom dia Luciane, estou passando para lhe desejar um maravilhoso final de semana cheio de boas energias e de surpresas agradáveis!
Lírios de Paz!!!
Ps: eu também amo meus tênis!!!

\o/ simbora correr!
Bons treinos,
Boas energias,
@marlipalugan
www.marlipalugan.blogspot.com
..... ~o
......<\_
...(_)/(_) meu transporte diário!

Equipe CUCA disse...

Olá, amigo(a)! É com imensa alegria que iniciamos, hoje, as atividades de nosso Blog. Esperamos poder conquistar inúmeras novas amizades e conhecer muitas histórias interessantes de todos que fazem parte desta massa crescente de atletas corredores (fundistas), amadores e profissionais, por este Brasil afora.

SEJA BEM VINDO(A)! “Use a CUCA”: Siga-nos!
Venha fazer parte desta grande família e CORRA COM A GENTE!!!

Equipe CUCA Campinas
www.equipecucacampinas.com