terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Atleta queniano morre durante a Corrida dos Carteiros de Goiânia

Gente, o Jorge lá do maratonando me enviou este e-mail e achei muuuuito importante repassá-lo aqui. Como eu sempre digo, não basta um short, uma camisa e um par de tênis para começar a correr e seguir em frente...é preciso fundamentalmente cuidar da saúde.
O atleta queniano Barnabas Kipkoech, de 28 anos, morreu no final da manhã deste domingo, em Goiânia, depois de sofrer uma parada cardiorrespiratória durante a Corrida dos Carteiros.
Barnabas, que morava no Brasil há apenas três meses, competia no trajeto de dez quilômetros e passou mal na passagem pela Marginal Botafogo.
Ele foi socorrido pela equipe do Samu e encaminhado ao Hospital de Urgências de Goiânia, mas não resistiu e morreu. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal, onde deve começar os procedimentos para o translado, que pode ser feito para Brasília, cidade em que morava, ou até para o seu país de origem.
A embaixada do Quênia já foi acionada.
FONTE: GoiasNet

Um comentário:

Jorge disse...

Amiga realmente o que aconteceu com esse queniano foi triste mesmo e isso nos serve para nos alertamos, veja só mês passado foi aquele corredor de Sp que morreu na Maratona de Nova Iorque e agora acontece com um profissional, taí a importância de nós estarmos com os exames em dia.
A moda de se exercitar hj em dia tá crescendo muito e as pessoas pensam que basta calçar um tênis e saír por ai correndo.
Obrigado por citar o meu nome aqui corredora.
E ai mamãe coruja vc não disse mais nada o que aconteceu com o concurso que seu filho estava participando ele ganhou, bom espero que sim.
Boas passadas querida amiga.

JORGE CERQUEIRA