segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

DE ALMA LAVADA...

Agora sim, acho que consigo escrever...A adrenalina abaixou um pouco..rs..Talvez eu consiga, e eu digo, talvez...explicar toda a sensação que tive ontem na 6a etapa do Circuito das Praias em Guarujá. Se vcs me perguntarem qual a trilha sonora que embalaria meu dia de ontem, certamente eu diria umas 10...rs...e vcs saberão o porquê...
06:00 da madruga já estava de pé. Felizmente desta vez não foi como a noite anterior do domingo passado, onde eu fiquei muito ansiosa e acordei de 1 em 1 hora. Dessa vez, fui dormir às 22:00 hrs e cai na cama como pedra. Quando acordei, olhei pela janela...meu primeiro pedido já tinha sido atendido...o SOL estava lá...lindo, e disposto a fazer um grande show e me dar uma mãozinha. Torci muito que o sol aparecesse, pois sei que vou muuuuito melhor na companhia dele e sei que minhas concorrentes...ah.. pecado...sofrem um pouquinho mais...rs....

" E SE QUISER SABER PRA ONDE EU VOU, PRA ONDE TENHA SOL, É PRA LÁ QUE EU VOU " (Jota Quest)

Pontualmente às 06:30, meu papai passou na minha casa. Sabendo somente o nome da avenida em que seria realizada a prova, partimos 0s 2. O trãnsito estava calmo e tínhamos tempo de sobra. Chegando no Guarujá, começamos a perguntar onde ficava a tal rua Miguel Stefano. Meu marido tinha dado algumas coordenadas, mas chegou em determinado lugar que tínhamos que perguntar. E nessa hora tudo se complicou...Tinha um que mandava a gente voltar, tinha outra que mandava seguia adiante...Meu pai começou a ficar nervoso e eu ainda calma, tentava achar uma boa alma que nos levasse ao local exato. Finalmente encontramos um motoqueiro que coincidentemente passaria perto. Ufa, estávamos chegando. O problema é que essa avenida tinha 7km e não sabíamos se a corrida seria realizada no começo ou no final. Mais uma vez meu pai nervoso...Dessa vez confesso que minha calma já estava se esgotando. Nessa hora me agarrei com meu escapulário e pedi para que nos mostrasse a direção certa e eis que poucos quilômetros à frente, já podíamos ver a tenda da th5 eventos...

"QUANTA GENTEEEEEE...QUANTA ALEGRIA...." ( Mamonas Assassinas)


Ainda tínhamos um tempinho até a largada... mais ou menos uns 20 minutos. Pausa para a foto, para pegar o kit e .... para minha surpresa.... encontra Marildo (do blog 4 corredores) e família.... Obaaaaaaaaaaaaaaa.... Patrícia (filha dele) toda empolgada...Na verdade as duas estavam com espírito de Cosme e Damião....rs....Até tênis novo a Paty colocou....


Ok, tudo muito bom, tudo muito bem... começou a me bater a famosa "ansiedade". Na verdade eu não tinha grandes expectativas em relação a pegar o pódio, mas desde o início eu disse, que independente do resultado, o que eu queria era dar muito trabalho ás minhas concorrentes. Me deu um "piriri" 10 minutos antes da largada...Dá pra acreditar???? Resolvido este pequeno probleminha, corri para o local da largada. Lá descobri, que ao invés de ser 5km pela areia e mais 5km pelo asfalto, seria 2,5km pela areia, depois mais 2,5 pelo asfalto e repetia tudo de novo. A largada estava marcada para às 08:30hrs. A pergunta é: Foi dada a largada às 08:30 hrs? É claro que não. Rezei meu Pai Nosso, agarrei meu escapulário pedindo proteção.

"TEM QUE LUTAR PRA CONSEGUIR, A TODO TEMPO SEM TER TEMPO A PERDER" (Roupa Nova)

Às 08:50 lá fomos nós. Eu não quis saber.. Não estava pensando em não aguentar, mas sim em dar o meu melhor. Não me polpei desde o início. Alarguei as passadas o quanto eu podia. O sol não deu trégua. Demorou para chegar o quilômetro 2...a água então....achei que fosse miragem...pois só apareceu, depois de termos que passar pela areia fofa e subirmos para o asfalto.. (bendito seja os últimos 2 treinos que fiz pela areia fofa)... Bebi um gole, recuperei tudo que ainda não tinha perdido, segui em frente...Pisei na tábua. Na frente uma guria que eu já conhecia de outras corridas, mas que eu sempre chegava antes...Acelerei para chegar junto.

"NÃO DÁ BOBEIRA NÃO, VOCÊ TÁ NA MINHA MÃO, SEGUNDA-FEIRA É SÓ HISTÓRIA PRA CONTAR" (Tihuana)

Na altura do quilômetro 4,5, emparelhei e ela...simplesmente parou no km 5...Nem sei se fiquei feliz ou não por isso, já que estava competindo com alguém que nem correu os 10!!! Segui...não olhei para o relogio para saber a quantas andava meu tempo até a metade da prova. Desci novamente para a areia...

Não me sentia cansada e estava totalmente focada no que aocntecia a minha volta. Se vinha alguma mulher atrás d emim, ao meu lado...tentava fazer o mano a mano, braço a braço o tempo todo, seja qual fosse a categoria delas. Quando chegou no fim da praia e subimos novamente para o asfalto, senti que seria o momento de acelerar e partir para o tudo ou nada. Pudia ver algumas meninas parando logo à frente e isso me dava muita força e muito mais vontade de chegar até o fim o mais rápido que eu podia.

"NÃO ME ENTREGO SEM LUTAR, TENHO AINDA CORAÇÃO, NÃO APRENDI A ME RENDER, QUE CAIA O INIMIGO ENTÃO" (Renato Russo)


Faltava pouco mais de 1km qando acelerei tudo que eu podia. Nessa hora senti um cansaço imenso, mas uma euforia maior que me empulsionava...Era a luta do corpo contra a vontade de vencer e realizar o que eu pedi.

Avistei a chegada... Olhei para o relógio...Olhei de novo. Não parecia real o resultado ... mas era. 0:48:17....Saí correndo para entregar o chip. Era tão bom ver minha marca sendo superada. Até ontem eu corria para 50 min e hoje...na casa dos 48.. era muito mais que eu queria....Esperei meu pai. Ele chegou bem...com um tempo de 0:53:27...tá bom.. quando crescer eu quero ser como ele...rs...



A Paty também mereceu aplausos. Chegou com 01:11 hrs, um tempo abaixo do que costuma fazer. Estava feliz. E é claro tivemos que registrar o nosso momento "Robert". Eu continuava eufórica. Ainda não podia acreditar no meu tempo. Passei perto do pódio, beijei o número 3...Nem sei porque fiz isso, mas foi o que me deu vontade de fazer....Foi anunciado que sairia o resultado e que a listagem seria fixada na parede....Putz grilo....

"TUDO PODE SER, SE TIVER SERÁ, SONHO SEMPRE VEM PRA QUEM SONHAR...TUDO PODE SER, SÓ BASTA ACREDITAR, TUDO QUE TIVER QUE SER SERÁ" (Xuxa)


Eu me espremia entre a galera querendo ver o resultado...Queria ver e ao mesmo tempo não queria....mas vi....estava lá, pra todo mundo ver.... LUCIANE CASANOVA DE ALMEIDA... 3a colocada na categoria 30-34.... esse era o resultado de tanto esforço, garra e determinação.... iupiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii....Vi o resultado do meu pai, ele nã conseguiu, ficou em 7º. Percebi que ele ficou um pouco triste, mas...acontece. Saí da muvuca querendo gritar, sei lá, falar para qualquer estranho sobre a façanha. Era muita alegria...

"ALEGRIA AGORA, AGORA E AMANHÃ, ALEGRIA AGORA E DEPOIS E DEPOIS E DEPOIS DE AMANHÃ" (Daniela Mercury)

Agora era só esperar a premiação. Sentamos na grama. Podia demorar 1 dia inteiro que eu esperava com o maior prazer. Mas chegou a hora. talvez pouca gente entenda a importância desde pódio. pra mim. Sim, este foi diferente. Desde março, quando João nasceu eu achava que seria difícil voltar à forma física, baixar meu tempo, correr como antes, treinar...Eu estava errada. Em junho quando voltei a correr, percebi que teria que me acostumar com uma nova realidade.. a de correr e voltar para casa sem esperar qualquer tipo de premiação. Isso me matava. Demorei a aceitar que levaria algum tempo para eu correr uma prova de igual para igual com as meninas da minha categoria. Mas agora, no pódio, um filme passava pela cabeça. Eu consegui!!!!!


"HOJE PODE SER MEU DIA, PODE ATÉ SER O SEU, A DIFERENÇA É QUE EU VOU EMBORA, MAS EU LEVO O QUE É MEU...TROPA DE ELITE, OSSO DURO DE ROER..." (Tihuana)

Aguardei outros pódios. O Cleiton, da nossa equipe, também subiu ao pódio. E para ele a sensação deve ter sido muito parecida com a minha, já que foi a 1a vez que ele conseguiu. E fez bonito viu.... correu na casa dos 36 e faturou o 5º lugar ao sol...valeu garoto.. que seja o primeiro de muitos....


No final, houve ainda alguns sorteios de viagens e prêmios. A Paty faturou um MP3.. filha da mãe sortuda...rs....


É o dia valeu... e de alma totalmente lavada digo que cumpri mais do que prometi. Prometi que eu poderia não ganhar, mas daria trabalho às minhas concorrentes... consegui fazer os dois...ganhar e dar trabalho...Agora é lembrar desse pódio até o próximo....

11 comentários:

Xampa disse...

Parabéns pelo resultado.
Eu tenho um filho de 1 ano e 9 meses e sei bem o que é. Mas, o seu marido deve ajudar muito e eu ainda estou na fase de conseguir "fugir" para correr. Um dia eu chego lá.

amocorrer disse...

uauuuu SENSACIONALLLLLLLLLL, parabéns amiga,l vc merece isso tudo ai...olha tenho que tomar cuidado com vc hein logo logo vc estara gritando..sai da frente Regis....bjs e boa semana..Regis

Bruno Thomaz disse...

Mazaaaaaaaaah mulher!!
Isso aí.. mostra pras mulheres que quem manda aí é você!!

Parabéns pela conquista!!

Beijao!

Ricardo Hoffmann disse...

Parabéns!!! Belo relato! Mandou muito bem. Essa equipe dos Pangarés está arrebentando. Ano que vem to nela tb.

Marildo Nascimento - http://4corredores.zip.net disse...

Luciane preciso deixar aqui meu relato de agradecimento pela companhia sua e de seu pai que tem alegrado muito a minha familia. Eu a Wilma e a Paty gostamos muito quando encontramos vc e nos divertimos muito com as maluquices sua e da Paty. Vcs duas se completam...risos
Parábens! Vc merece pelo seu esforço e sua dedicação.
É o espirito Matungo e Pangaré que incorporou... agora vai com calma para não se machucar e poder correr o ano de 2009 inteiro com a nossa equipe e ainda desfrutar daquele social com a familia inteira.
Um grande abraço

Patrícia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Patrícia disse...

Luciane... o que falar... PARABÉNS menina... você merece de verdade!!
Muito esforço, determinação e força... esse é o segredo!! Eu estou apenas começando, não treino e tenho muita dificuldade quando o sol aparece... não somos mto amigos fazer o que né!? Mas estou amando correr e encontrar vocês antes da largada e na chegada!! Muito obrigada pelo apoio e incentivo... quando eu subir no pódium em 1º lugar na minha categoria vou dedicar à você... ahahahahahaha... Beijos e continue mostrando sua garra!!! Já quanto a mim espero que minha sorte não seja apenas para ganhar mp3 e que ela venha tbm durante a prova... ahahahahaha

joaquim adelino disse...

Bonito relato enquadrando a sua excelente corrida e os pensamentos positivos que tão bem soube expressar.
Deixo também uma palavra de incentivo ao seu pai, que deve ser da minha idade, é uma dávida da natureza ele continuar correndo da forma que o faz, nós já não corremos para recordes, corremos com uma única intenção, conservar a nossa saúde e manter sempre o nosso espírito jovem.
Para si, continue com esse espírito
vencedor.
Um abraço

Pati Gomes disse...

Parabéns Lucy! Quando leio relatos assim, que fico mais animada com a corrida! Espero, qualquer dia desses, ter um trofeu igual ao seu!
Obrigada pelo comentário carinhoso no meu blog!
Beijo grande!

Jorge disse...

Amiga Lu, meus parabéns por mais esta conquista menina, que show que vc deu hein, estou vibrando com sua vitória é isso ae menina, agora vc está colhendo o fruto do que vc plantou e pode apostar que muitas vitórias virão em 2009.
Valeuuuuuuuuuu
Bjsss
JORGE

Samuel disse...

Lucy, parabéns a você e seu pai! Que bom que você tenha a oportunidade de poder compartilhar um momento tão maravilhoso na companhia do seu pai. Não sei se já é costume dos dois correrem juntos, mas acredito que o fato de você ter conseguido melhorar seu tempo, além da sua determinação, treinamentos, a presença tenha também colaborado. Beijos, bons treinamentos e excelentes corridas.