quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

VALEU A PENA....


Domingo. 06:50 o relógio despertou. Arrumei minhas coisinhas e fui ao ponto de ônibus esperar o Marildo e sua família me pegarem para irmos aos 8km da AT REVISTA no Guarujá. Havíamos marcado 07:30. Pois bem, lá estava eu às 07:15. O tempo passava nada do Marildo. Comecei a ficar nervosa. Olhava no relógio d eminuto em minuto. Às 07:40 liguei para o meu marido pedindo que ligasse para o Marildo. E nada. Já estava achando que perderia a corrida, pois nem que eu quisesse conseguiria chegar em tão pouco tempo no Guarujá de ônibus. Quando eu já estava totalmente sem esperanças...rs...eis que surge o honda fit preto...siiiiimmmm, eram eles...Todos sorridentes dando bom dia me deu a certeza de que aquele domingo tinha que ser mais do que bom, tinha que ser pelo menos ótimo.


E lá fomos nós.. Entrando em ruas erradas aqui e saindo em ruas certas ali, às 08:30 chegamos à concentração...rs...Eu e Patrícia (filha do Marildo) nos dirigimos à listagem para conferirmos os numeros e pegarmos os kits. O que acontece? Ela esqueceu o RG e eu deixei o meu no carro. O que isso ignificaria? Que sem RG não poderíamos pegar o chip!!! rs...Faltando menos de meia hora para a largada isso acontece!!! kkkkkkkkkkkkkk...Tudo bem, Marildo achou uma carteirinha de sei lá o que da Patrícia e o meu probleminha resolvi com lábia mesmo...(nessas horas agradeço de todo o meu coração por meu pai ter pago minha faculdade de direito...rs).

Passado o susto chega a hora de encontrar amigas, tirar uma fotinho, falar que treinou pouco, dizer que está ansiosa, desejar forte e opa....10 minutos para a largada. Eu e`Patrícia nos dirigimos ao alambrado. Lá, placas com os tempos que desaríamos fazer estavam ali de enfeite, pois até caminhante saiu na minha frente. Eu, pelos menos, eu, respeitei as tais plaquinhas e me posicionei da palquinha 41 a 43 min, que era exatamente o que eu achava que iria fazer mesmo, já que treinei para correr a 5.1 por quilômetro.

Pois bem, após cantarmos o Hino Nacional foi dada a largada. Um monte de cone no caminho, fez que pleo menos eu perdesse 20 seg...Já saí revoltada, pois as caminhantes, como eu disse, saíram na minha frente acenando para todos como se estivessem num concurso de misses.

Mas eu não quis saber, pelo meio fio saí voada. A tática foi a de sempre. KAMIKASE...Pensei: "Vou sair voando, se tiver perna para ir até o final assim, ótimo, se não.. lamento". Na altura do km 2, meu MP4 desligou. Pensei em continuar, mas sabia que não conseguiria aguentar por muito tempo aquele ritmo. Diminuí um pouquinho e consegui religá-lo. Quando vi a placa dos 4km, e o cone que faríamos o contorno para pegarmos a orla da praia, consegui ver a pouco mais de 200metros na minha frente uma menina da minha categoria muito mais forte do que eu. Em outras corridas, em hipótese alguma ela estaria tão p´roxima. Pensei: Ou ela está muito mal ou eu estou muito bem. A essa altura, o so castigava muuuuuuuuuuuito, mas nessa hora, agradeci também pelos interminávels quilômetros que rodei debaixo de sol ao meio dia na praia. A mulherada nitidamente se arrastava e eu ainda não demonstrava que não poderia chegar dentro das minhas expectativas.


Continuei forte. No quilômetro 5, o posto de água não aliviava mais. Sentia que eu estava forçando muito, mas ao mesmo tempo não queria diminuir o tempo e deixar todo meu esforço ir por água abaixo, digo, sol abaixo..rs.

O quilômetro 6 custou a chegar e nessa altura já estava na orla da praia. As caminhantes cruzaram nosso caminho, pois para elas a distãncia era de 6 quilômetros, então no 6º nosso, seria o 4º delas. Muitas, começavam a correr, inclusive atrapalhando quem realmente foi lá para correr. Verdade seja dita: pedi para que elas tropeçassem e caissem para largar de querer aparecer, já que só correm os 2 últimos quilômetros para chegarem correndo e serem aplaudidas. Dá licença!

Na orla da praia o sol parecia nos pôr a prova a cada passo. Estava difícil segurar o ritmo. E para completar, sismei com uma menina na minha frente e tentava a todo custo chegar cada vez mais perto dela. Eu sentia que meu ritmo estava forte, mas naquele momento tudoque eu pensava era chegar, só isso.

Quando passei pela placa no 7º quilômetro, as pernas doíam, há muito tempo não sentia as pernas doerem. Tentei acelerar, mas resisti à tentação e procurei manter pelo menos o ritmo que eu estava. Não passava mais ninguém, mas também ninguém mais me passava. Estava tudo definido. Todas as posiçõe seriam aquelas mesmas. Nada mudaria até a chegada. Quem passou passou, quem não passou tente o ano que vem.

Via de longe a faixa de chegada. Queria ver o relógio, mas nem isso eu conseguia. O rosto latejava de tanto calor. Há muito tempo não sentia um tempo desse. A chegada cada vez mais p´roxima, as passadas alargadas... tuos corria do jeito que eu queria...avistei o tapete vermelho, olhei pra cima...o tempo estava lá...era de verdade...suspirei, levantei o dedo ao céu oferecendo a vitória à Deus...40:17...

Marildo e sua esposa fotografando tudo. Meu cansaço dava lugar ao riso, cansado, mas ainda assim um riso. Não subi ao pódio, mas me senti feliz... Das 800 mulheres que participaram, cheguei entre as 57 primeiras. Se tá bom? Tá ótimo...Muito mais do que eu esperava, talvez muito mais do que eu merecia. E a plaquinha do ano que vem não será mais a de 41 a 43, mas sim a de 38 a 40, dá licença?????

Patrícia também chegou bem... fez em 01:03. Bem sim....pois ela não treina direito e o sol a castigou muito, já que ela não treina nessa temperatura. Prometeu treinar melhor e até combinamos uma corrida no domingo.

Medalha bonita, banana, maçã, suquinho, e flores foram distribuídos. Mas a sensação de que tudo valeu a pena, realmente não tem preço!

5 comentários:

Jorge disse...

Lu realmente vc é uma guerreira, parabéns menina, mais um desafio completado, fazer 40 minutos em baixo de um sol escaldante não é para qualquer corredora não essa é a Lu...
Só esqueceu de postar a linda medalhaq aqui.
Um abraço mestre.

JORGE CERQUEIRA

amocorrer disse...

parabéns Lucy..otimo tempo e bela prova, ano que vem vou correr algumas etapas ai na baixadas e colocaremos os papos em dia abcs..Regis

Mark Velhote disse...

Parabéns! Grande prova e excelente descrição!
A frase " dá licença" encaixava-se como uma luva no título desse post!

Abraço

lucica_1331x@hotmail.com disse...

Obrigada amigos.....vCS NÃO IMAGINAM A FORça QUE ISSO ME DÁ...

e pra terminar...

dá licença!!!!!!! kkkkkkkkkkkkkk

lucica_1331x@hotmail.com disse...

Obrigada amigos.....vCS NÃO IMAGINAM A FORça QUE ISSO ME DÁ...

e pra terminar...

dá licença!!!!!!! kkkkkkkkkkkkkk