sexta-feira, 19 de dezembro de 2008


EXERCÍCIOS EDUCATIVOS


Já disse inúmeras vezes aqui no blog que quem acha que para correr é preciso apenas um par de tênis e disposição, está completamente enganado...

Um bom desempenho nas corridas não depende só da agilidade e força também não, mas sim de um bom treinamento para corrigir qualquer deficiência do atleta durante e depois dos treinos e provas.

Se você é do tipo de corredor que possui alguma postura desconfortável na hora da corrida ou algum tipo de problema que acaba atrapalhando nas competições, o melhor a se fazer são exercícios educativos, que corrigem a má postura ou qualquer tipo de deficiência do esportista para que se obtenha um melho desenvolvimento no tempo do percurso.

Meu pai por exemplo tinha o costume de correr com os ombros encolhidos e passadas bem apertadinhas. Depois de alguns exercícios que corrigiram a postura e passadas mais largas, melhorou consideravelmente o seu tempo, além de melhorar a dor que sentia nos músculos das costas.

Esses exercícios educativos são muito utilizados como parte integrante do aquecimento que podem ser um sequência de skipping, suspensão, alternado, entre outros.
Esses tipos de exercícios podem e devem ser feitos em qualquer faixa etária, pois ajudam no desenvolvimento dos corredores em praticamente tudo, desde membros inferiores e superiores, já que o grande erro dos coredores é não saber sincronizar os movimentos de braços e pernas.
Os educativos de corrida são imprescindíveis a frmatação da planilha de treinamento para qualquer corredor, seja velocista - fundista ou grande fundo - e são essenciais o seu conhecimento.
Ok, agora chega de blá blá blá...que tal conhecer alguns e praticá-los???Depois me falem se resolve ou não resolve...

SKIPPING BAIXO: Elevação alternada dos joelhos até a altura dos quadris, correndo no lugar. Esse bem fácil e acho até que um dos mais usados e vistos antes das corridas. Eu mesma faço bastante pouco antes da largada... Tenho uma sensação de leveza quando é dada a largada e não sinto os músculos presos.

ANFERSEN: Correr no lugar ou em locomoção, tocando os calcanhares nos glúteos. Este exercício eu fazia desde a época em que praticava a natação.

HAUPSERLAUFEN: Corrida, alternando saltos com elevação dos joelhos e consequente trabalho de braços.

DRIBLING: Corrida rapidíssima no lugar, elevando minimamente os pés com trabalho de braços rápido e veloz. Ok, mas nem tente fazer o trabalho d ebraços nos 10km da Tribuna...caso contrário o que s everá nao será uma melhora em seu desempenho e sim uma galera caindo em efeito dominó.

CAPOEIRA: Sim, isso mesmo. Exercícios de capoeira, braços e pernas, saltos que comprovadamente melhoram a execução do equilíbrio corporal, provocando saltos, execuções de impulsos e vivência espacial, espcialmente para barreiristas e velocistas.

PULAR CORDA: Esse grande parte dos corredores já fizeram. Da mesma forma que o pugilista, o corredor pratica esta atividade ou pelo menos deveria tentar praticar com um mínimo d efrequência, de forma lenta ou veloz e consegue coordenação de movimentos, além de resistência, fortalecimento de panturrilha, abdomen, pernas...vixe... são tantas coisas...Além disso, emagrece que é uma loucura. Para quem gosta de perder massa muscular, ou seja, ficar levinho...(eu adoro...dias antes das competições intensifico os treinos para ficar bem leve) a corda é uma boa saída.

Tá vendo, os exercícios são fáceis e podem ajudar e muito no desempenho de nós, corredores. E isso não vale só para amadores não hen gente? Deixa só os quenianos lerem esse post...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk....

Um comentário:

André Cruz - Xampa disse...

Esse post foi sensacional.
Foi linkar e praticar.
Gostei da corda.
Qdo vc encaixa esses treinos? Em u m dia exclusivo?