quinta-feira, 26 de novembro de 2009

NOTÍCIAS DO ATLETISMO

MIGUEL SARKIS LANÇA SEGUNDO LIVRO SOBRE CORRIDA



Com recursos próprios, Miguel Sarkis publicou seu primeiro livro de maneira independente em 2005. Depois de ver a repercussão de "Andar ou Correr?", o treinador e atleta resolveu escrever mais uma obra: "A Construção do Corredor", lançada na metade de novembro.
De acordo com o autor, o segundo livro é um complemento do primeiro. Diante da massificação cada vez maior da corrida no mundo todo, Miguel Sarkis quer oferecer uma maneira para os atletas amadores e de alto rendimento aumentarem sua produtividade.
"Tem muita gente correndo sem noção do que está fazendo. Tem gente correndo obesa, sem o condicionamento físico adequado. As pessoas não têm censura. A única censura que elas têm é melhorar cada vez mais, a despeito da desarmonia que pode existir entre treino e qualidade de vida", explicou.
Ao longo de sua carreira, o treinador e atleta participou de algumas das maiores maratonas do mundo, como as de Nova York, Paris e Boston. No Brasil, ele já disputou a Maratona do Rio de Janeiro e a tradicional Corrida de São Silvestre, entre outras competições.
"Em uma prova de 40 mil pessoas, por exemplo, apenas 4% são corredores de fato. Tem muita gente correndo sem orientação. Meu livro conduz o atleta a uma autocrítica. Dessa forma, ele pode sobressair e galgar posições. As pessoas acham que conhecem a prática, mas na verdade desconhecem", explicou Sarkis.
Publicado pela Editora Gente, "A Construção do Corredor" tem 264 páginas e preço sugerido de R$ 49,90. O livro é dedicado a iniciantes e atletas de alto rendimento, além de oferecer orientações para indivíduos que voltam a treinar após um período de inatividade.

E por falar em Miguel, a apresentadora Claudete Troiano recebeu nesta terça-feira Miguel Sarkis e seu pupilo Anderson Gintane no programa Manhã Gazeta. A entrevista foi basicamente falando sobre a prova da São Silvestre. Ele deu dicas de como se dar bem no percurso enfatizando principalmente que ao contrário do que todos pensam, a Brigadeiro não é o pior ponto da corrida, e sim o primeiro quilômetro, o qual, dependendo da euforia do atleta pode fazê-lo quebrar.


NOVA LIGA NASCE PROMETENDO REUNIR BOLT, GAY E POWELL



Os três homens mais rápidos do planeta na atualidade, Usain Bolt, Tyson Gay e Asafa Powell, chamaram muito a atenção dos fãs em 2009, porém só estiveram juntos em uma única prova: a final dos 100 metros rasos no último Campeonato Mundial. O encontro, de qualquer forma, acontecerá mais vezes na próxima temporada, segundo o que promete a recém-criada Diamond League.
Fundada em 1998 com a promessa de oferecer 1 milhão de dólares (R$ 1,73 mi) ao atleta que vencer todas as suas seis etapas, a Golden League teve uma última edição nesta temporada.


A partir do ano que vem, será substituída pela Diamond, que repartirá no total 6,63 milhões de dólares (R$ 11,49 mi) em prêmios. Diferentemente do que ocorria na competição anterior, a nova será maior e não ficará limitada à Europa: suas 14 provas estarão divididas em cidades como Nova York, Xangai e Doha.
A intenção de aumentar os prêmios para reunir os melhores atletas do mundo também fica clara com a nova liga, que garante ao menos um entre Bolt, Gay e Powell em todas as corridas disputadas. "Várias terão em ação dois deles e algumas poucas afortunadas poderão contar com todos os três", informaram nesta terça-feira os promotores do novo evento.

FONTE: Gazeta esportiva

2 comentários:

YOGA MUSIC FLOW disse...

Oi Luciane,
Obrigada pelos posts informativos!!!!
Bons treinos!
Bjos,
Pati

Jorge disse...

Esses lançamentos de livros está cada vez mais aumentando, pois em Setembro foi do Dean Karnazes, depois do Rodolfo Lucena, depois do Valmir Nunes, Migue Sarkis e etc...Pois isso é muito bom para nós corredores aprendermos cada vez mais com esses profissionais tão dedicados ao atletismo.

Bom final de semana.
Um abraço,

Jorge Cerqueira
Ultramaratonista
www.jmaratona.blogspot.com