sexta-feira, 21 de dezembro de 2007



FILHA DE PEIXE, PEIXINHO É...


Muitas pessoas me perguntam quando e por que comecei a correr. Sem titubear respondo "Acho que foi aos 14, mas com certeza absoluta, foi por causa do meu pai". Realmente não me lembro exatamente quantos anos faz que comecei a correr, mas lembro perfeitamente que meu pai foi o culpado. Logo que ele se aposentou, o via todas as tardes sair para correr na Praia de São Vicente, ali em frente ao Gáudio. Um dia, ele me convidou e lá fui eu. Dali em diante nunca mais larguei o vício. Ficava na prainha de lá pra cá. Dava umas 15 voltas, já que a praia media só 750m...rs. Mesmo eu correndo desde os 14 e meu pais há não sei quanto tempo, quem começou a participar de provas fui eu. Dessa vez, eu o chamei para ir comigo e desde daí, o moço tb não parou mais. A 1a prova foi a tradicional da região: os 10km da Tribuna. Nunca vou em esquecer dele falando pra mim quando terminou a prova: " Muitas vezes eu me perguntei o que eu tava fazendo ali, mas agora, não vejo a hora de correr a próxima". E é assim até hoje.

Até hoje, meu pai só conseguiu 2 pódios: um 3º lugar nos 6km de Cubatão (foto acima) e um 2º lugar na Corrida das Torres, conhecida como Rally Humano. Em Cubatão eu também subi no pódio, só que em 1º lugar, mas confesso que ver meu pai ali pela 1a vez com seu trofeuzinho na mão e sorrisão estampado no rosto como criança que ganha um brinquedo, realmente foi a melhor parte. O engraçado, é que ele não esperava ganhar nada, até porque a categoria dele é muito forte.


Houve uma época que ele andava desanimado, justamente por treinar, treinar e não subir ao pódio. Tentei dar umas dicas pra ele, mas a teimosia (dele e minha) nos impossibilitava de treinarmos juntos..rs..


Aí, veio a Meia Maratona de Praia Grande. Foi uma dificukdade convencê-lo, pois ele estava acostumadoa correr pequenas distãncias e correr 21km seria um exagero. Tanto fiz, que lá foi ele, todo exibido...rs...Nessa prova, ele acabou tomando umas coisas que nunca tinha tomado e passou mal, mas no final das contas, completou a prova jurando nunca mais participar.. e no ano seguinte.. lá estava ele...


Em julho desde ano, participamos da Corrida das Torres. Outro sacrifício para convencer, já que eram 12km de sobe e desce no meio do mato. Achei divertidíssimo e queria que meu pai fosse. Até meu marido foi convencido!!! rs...Nessa prova, meu pai teve muitas dificuldades. Teve que parar várias vezes, pois o percurso não era fácil, mas no final, a recompensa. Um pódio de 2º lugar tb, totalmente inesperado. O fato é que meu pai adora sofrer por antecipação. Ele fica nervoso, não dorme direito e isso muitas vezes o atrapalha.



Juramos correr juntos a São Silvestre do ano que vem. Juntos meeeeeeeeesmo....

Hoje esse campeão aí, faz 63 anos e é um exemplo a todos aqueles que acham que a 3a idade é sinônimo de sedentarismo, bingo..rs...(aliás ele ne nega terminantemente a dizer que é idoso).

Pai....essa foi uma singela homenagem de sua filha que apesar de nunca dizer, te ama muito. FELIZ ANIVERSÁRIO, MEU BOM VELHINHO...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk......

Um comentário:

Jorge disse...

-------\\\\|/-------
------(@@)-------
-ooO--(_)--Ooo—
Olá amiga Lu, boa noite, com certeza o ditado tem tudo a ver com vc (FILHO DE PEIXE, PEIXINHO É...)vejo que realmente seu pai teve uma influenciou vc na corrida, uma coisa vc fez homenagem a seu pai mais esqueceu de dizer o NOME dele...risos...Olha amiga vi também que vc disse que ele andava meio desanimado e vc é um fator muito importante na vida de seu pai, só vc poderá dar forças a ele e vc disse também que ele só tem dois pódios, olha eu falo para as pessoas nas corridas que o pódio é consequência se vir veio se não tudo bem o importante é nós fazermos o que gosta que é a CORRIDA e também os amigos corredores eu também tenho uma influência na corrida lembro também que antes de eu entrar para o quartel a minha mãe quando era mais jovem ela corria também, mais não competia, ela corria só para manter a forma...E com certeza a peixinho(Luciane) também está gerando um outro peixinho que no futuro será um grande campeão hein...
Amiga desejo a vc e sua família um abençoado Natal, próspero Ano Novo e muitos Kilômetros a correr
Valeu amiga

Já atualizei o meu lá

www.jmaratona.blogspot.com

JORGE CERQUEIRA