sábado, 9 de fevereiro de 2008

CABEÇA A CABEÇA

Se antes pensávamos que só havia disputa cabeça a cabeça nos jockeys clubes, agora temos a certeza de que isso também se enquadra no mundo dos corredores.
Foi necessário recorrer ao recurso de photo-finish para definir os dois campeões da Meia-maratona de Ras Al Khaimah, disputada na manhã desta sexta-feira, nos Emirados Árabes Reunidos. Em duas provas com concorrência acirrada até o final, os quenianos Patrick Makau Musyoki e Salina Kosgei garantiram a vitória. Campeã da Corrida Internacional de São Silvestre, a queniana Alice Timbilili ficou em quarto.
No masculino, a dúvida envolveu dois atletas. Além de Makau, o etíope Tsegaye Kebede também completou a distância em 59s35, superando outros oito oponentes que formavam o batalhão líder no quilômetro 14. Em sua primeira
meia-maratona, Kebede assumiu a liderança faltando 3 quilômetros para o final do percurso, mas Makau não perdeu tempo na reação e garantiu o título no sprint final.

2 comentários:

Jorge disse...

-------\\\\|/-------
------(@@)-------
-ooO--(_)--Ooo—
Olá amiga Lu, boa noite, realmente em algumas está sendo disputadissimas e os organizadores além do chip tem que recorrer até a câmeras de filmagens para ver quem chegou na frente.
Sorte dos organizadores por haver esses recursos senão seria uma briga...
Um abraço amiga e bom domingo para vc.
JORGE

JACKE disse...

Oi Lu..
Desculpe a demora para responder sua pergunta...
Então... o Pedro nasceu de parto cesária eu eu pude voltar a treinar após dois meses do nascimento dele.
Mas tudo muito lentamente, claro.
Acredito que se tivesse tido parto normal, em 15 dias já poderia começar a caminhar ... mas digo que tudo isso é relativo, pois mesmo que ele tivesse nascido de PN, não sei se teria tempo para isso, pois qdo muito pequenos eles exigem muito tempo nosso... Mas fique calma que tenho certeza que você conseguirá conciliar tudo..

bjs