sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

TOP 10 - OS 10 MANDAMENTOS PARA MELHOR RENDIMENTO NA CORRIDA

Hoje chegamos à metade dos 10 Mandamentos. E tenho que dizer, este tipo de treinamento a seguir é muiot eficiente. Eu tinha muito o costume de ir à praia em dias que não estava tão disposta a fazer treinos longos e caminhar forte com água pela cintura. Os resultados são incríveis, mas tenho que admitir que depois de 40 minutos, saía da água com as pernas bambinhas....Então vamos lá...

5 – Melhor treino cross-training.

Deep running
Correr na água, na parte funda de uma piscina com o uso de um cinto ou colete de flutuação pode ser muito interessante. O atleta pode permanecer ligado a uma linha, correndo no mesmo lugar, ou efetivamente deslocar-se pela piscina durante o treino. A permanência no mesmo lugar facilita a monitorização do treino pelo médico ou técnico. Não há contato com o fundo, eliminando qualquer impacto. A ausência de carga nas articulações faz deste o método ideal para reabilitação ou condicionamento do atleta lesado, principalmente aqueles com lesão em tornozelo, pé e joelho, quando a corrida no solo é contra-indicada. Segundo o médico José Wilson Nunes Vieira de Andrade, "é evidente que as respostas metabólicas ao deep running diferem das que encontramos com a corrida no solo. Porém, é provado que a solicitação cardiorrespiratória do deep running é suficiente para manutenção e melhora da performance, comprovando sua utilidade na reabilitação e treino do atleta, seja ou não lesado.O Colégio Americano de Medicina Esportiva estabeleceu parâmetros para que o deep running alcance eficácia de treinamento. Deve ser praticado de 3 a 5 vezes por semana em uma intensidade de 40% a 85% do VO2 max. ou 55% a 90% da freqüência cardíaca máxima, durante 15 a 60 minutos."

Veja alguns modelos de coletes:



Pontos positivos

• Melhora ou manutenção do condicionamento sem impacto;
• Melhora técnica/biomecânica, especialmente dos membros superiores, para a corrida;
• Controle da temperatura;
• Recuperação ativa após competições ou treinos mais intensos;
• Novo estímulo. Treinos fixos são geralmente tediosos;
• Componente social. Permite que corredores de todos os níveis treinem juntos;

Biomecânica do deep running

A forma de correr sob a água deve ser o mais próxima possível da técnica utilizada no solo. A ausência de carga e a adição de resistência ao movimento fazem com que haja uma alteração na contribuição de cada grupo muscular para a corrida. A técnica deve visar ao uso dos mesmos grupos musculares da corrida no solo. As instruções a seguir auxiliam o atleta a manter a postura adequada durante o deep running:
1. A superfície deve estar bem alinhada com os ombros. A boca deve manter-se confortavelmente fora da água, sem a necessidade de extensão da coluna cervical. Deve-se olhar para frente, evitando flexão cervical;
2. O corpo deve inclinar-se levemente para frente, mantendo a coluna em posição neutra;
3. O movimento dos braços deve ser igual ao do solo, com o movimento primário concentrado nos ombros;
4. A flexão do quadril deve alcançar de 60 a 80 graus. Enquanto o quadril está sendo fletido, a perna acompanha, devendo estar perpendicular com o horizonte ao fim da flexão do quadril. Na continuação, o quadril e o joelho são estendidos, devendo o joelho alcançar a extensão máxima quando o quadril estiver em posição neutra. A seguir, durante a extensão do quadril, o joelho é novamente fletido. A dorsiflexão e a flexão plantar do tornozelo e supinação e pronação dos pés acompanham naturalmente o movimento.

PRÓXIMO TÓPICO : MELHOR TREINAMENTO DE RESISTÊNCIA

2 comentários:

Wladimir Azevedo disse...

Luciane,

estas suas dicas valem ouro menina.

Estou aguardando o próximo - MELHOR TREINAMENTO DE RESISTÊNCIA

Obrigado pelo seu comentário sobre a minha prova de duathlon... realmente a sensação de missão cumprida é espetacular...

Mandei seu abraço para minha esposa...valeu !!!

E com relação ao Triathlon, esta na lista de objetivos... :-)

Abraços,

Jorge disse...

-------\\\\|/-------
------(@@)-------
-ooO--(_)--Ooo—
Oi Lu eu não sabia desse cinto para treinamento, realmente deve ser muito bom. PARABÉNS hein professora. Amiga tem corredor fazendo aniversariando amanhã e vc sabe quem é de um pulo no meu blog e veja quem é.
Bom final de semana.
Um abraço
JORGE
www.jmaratona.blogspot.com