terça-feira, 19 de agosto de 2008


COLOQUE A CABEÇA PARA FUNCIONAR....


Todo corredor já ouviu pelo menos uma vez aquela vozinha dentro da cabeça martelando durante os treinos ou mesmo no meio de uma prova: " Pára, pára, diminui o ritmo, seu corpo tá cansado e você tem que parar". Bom, se alguém aí, disser que nunca ouviu.. ah, espeeeeeeeeeeeeera, que seu dia vai chegar...

Isso é bem mais comum do que se imagina, principalmente em provas de longa distância como Meia maratona, Maratona e distãncias superiores.

Hoje mesmo, resolvi fazer um treino mais longo. Corri aproximadamente 16km pela areia (pra queimar mesmo) e debaixo de sol (pra ficar curtida...rs). É claro que em vários momentos eu me perguntava o que eu esdtava fazendo ali e porque treinar tanto até sentir dor. Tudo bem, minutos depois veio a resposta: Ué, porque daqui há 11 dias você tem uma Meia Maratona e precisa treinar, pois lá, também não vai ser fácil.

Vira emexe eu toco nesse assunto aqui no blog, pois acho muito importante falar do nosso psicológico. É ele que muitas vezes é o responsável por vitórias, mas também por derrotas...

E lendo uma matéria da Juliana Saporito, achei bacana mencionar dicas para a gente driblar esse mocinho que fica enchendo o saco da gente quando a gente mais precisa de apoio.

Muito além da boa preparação física, o trabalho emocional e o equilíbrio psicológico podem determinar o sucesso do corredor tanto nos treinamentos quanto na disputa de provas. Além serem fatores imprescindíveis para se alcançar bons resultados, ele acabam refletindo positivamente em todos os momentos da vida do atleta. De acordo com o psicólogo do esporte João Ricardo Cozac, trabalhar o emocional ajuda a aprimorar a parte física, melhorando o desempenho e favorecendo a saúde. Mas é preciso lembrar que cada pessoa deve ser avaliada individualmente, afinal, nossas mentes não funcionam da mesma maneira. “Através de um trabalho de análise do perfil e repertório emocional é que se pode treinar alguém e prepará-lo mentalmente”, diz o profissional. “É a partir dessa avaliação que os trabalhos específicos são realizados e geram resultados”, explica o psicólogo. Eles são realizados de forma a preparar a parte psíquica para os desafios, garantindo benefícios ao esportista. Esses exercícios começam, de maneira geral, com um relaxamento – que pode ser feito pela respiração, pela contração e relaxamento de feixes musculares ou, ainda, utilizando-se técnicas de mentalização. E são complementados pelo estímulo mental coordenado pelo psicólogo: o indivíduo é levado mentalmente a situações que simulam momentos reais, como uma corrida, por exemplo. “Algumas pessoas chegam a transpirar durante o exercício, dada a intensidade da atividade mental que exercem”, conta João Ricardo.Dicas que valem para todosEm termos gerais, algumas características são muito comuns, segundo o psicólogo, no perfil dos praticantes de atividades físicas. É comum que mantenham os chamados pensamentos intrusos, o que é extremamente prejudicial. “Esses pensamentos estão relacionados ao medo do fracasso, à dor e ao cansaço”, explica o profissional, que complementa: “Eles causam queda no rendimento e na concentração, além de serem destrutivos e enganosos”, diz. Substituir esses pensamentos pelos construtivos, ligados à crença na vitória e na certeza da própria capacidade, é o primeiro passo a se tomar. Evitar o stress e a ansiedade, procurando atividades que levem ao relaxamento e que reduzam a ansiedade também é importante. Tudo isso vai colaborar positivamente para que se estabeleça o equilíbrio mental necessário para as vitórias. “Quando se compete com pessoas que estão no mesmo nível físico e técnico, o bem-estar emocional passa a ser um fator determinante para definir os campeões”, finaliza João Ricardo Cozac.

É minha gente... para aqueles que amam sofrer em longas distãncias e principalmente para os iniciantes, essas dicas valem ouro....rs...

Um comentário:

Marildo Nascimento - http://4corredores.zip.net disse...

Valeu Luciane... pela corrida de domingo passado... vc cada vez mais rápida... e pelos treinos para a Meia de PG.
Domingo estaremos treinando de novo um longão que vai começar nas balsas com ida e volta até a ilha Porchat as 8 horas da manhã. Vc e seu pai estão convidados a treinar conosco se quiserem é só se encontrar pelo caminho... estaremos correndo pela areia se estiver sol e pela calçada se fizer chuva.
Um grande abraço